Clauder Arcanjo

PÍLULAS PARA O SILÊNCIO (PARTE CCXXIX) – Clauder Arcanjo

Na contradição me afirmo (...) a vida flui por entre escombros, não há linha reta nem circularidade garantida, o caminho se faz de muitos modos, avançando e recuando, contornando e atacando outra vez, numa tentativa desesperada de…

PÍLULAS PARA O SILÊNCIO (PARTE CCXXVI) – Clauder Arcanjo

Confundindo a linguagem Foi dali que o Senhor os dispersou daquele lugar pela face de toda a Terra, e cessaram a construção da cidade. Por isso deram-lhe o nome de Babel, porque ali o Senhor confundiu a linguagem de todos os…

PÍLULAS PARA O SILÊNCIO (PARTE CCXXV) – Clauder Arcanjo

Cantando de galo em terras devastadas Quem garante que os juízes de hoje não serão os traidores de amanhã, atirados, do alto de seu tribunal, para as masmorras de cimento em que agonizam os malditos da história? (Albert…