Clauder Arcanjo

PÍLULAS PARA O SILÊNCIO (PARTE CCXXXVII)

Nau moribunda em mar encapelado Quem fala em flor não diz tudo. Quem me fala em dor diz demais. O poeta se torna mudo sem as palavras reais. (Ferreira Gullar, em “A bomba suja”) Onde ele entrava a coisa ganhava jeito de…

Pílulas para o Silêncio (PARTE CCXXXVI)

PÍLULAS PARA O SILÊNCIO (PARTE CCXXXVI) Clauder Arcanjo* Reescrevendo o vivido Hoje em dia, o melhor é calar. Na ausência, os sentimentos dos que protestam amizade se modificam ou até viram fumaça. (Francisco J.C. Dantas,…

PÍLULAS PARA O SILÊNCIO (PARTE CCXXIX) – Clauder Arcanjo

Na contradição me afirmo (...) a vida flui por entre escombros, não há linha reta nem circularidade garantida, o caminho se faz de muitos modos, avançando e recuando, contornando e atacando outra vez, numa tentativa desesperada de…