VIDEO – Mãe de bebê com três meses, embalador, e MC, estão entre vítimas da chacina do baile funk

Em meio aos mortos da chacina registrada num buffet do bairro Boa Vista, realizado na noite deste sábado, constavam jovens residentes de dois bairros periféricos de Mossoró como Santo Antônio e Belo Horizonte.

LEIA MAIS – Baile funk termina em chacina com cinco mortes e vários feridos em Mossoró

Entre as vítimas fatais da chacina registrada em Mossoró, constam a jovem Eriely Amanda. Eriely que foi morta no interior do buffet, atingida possivelmente por bala perdida era mãe de uma bebê de apenas três meses de vida.

Minutos após o incidente amigos da vítima começam a se pronunciar nas redes sociais. A mãe, e a irmã da jovem, estiveram no local e entraram em estado de choque.

O pai de Israel Gomes, outra vítima do atentado, também esteve no local. Destacou que o filho trabalhava como embalador de um super-atacado da cidade e o definiu como tranquilo.

Outra vítima da chacina, o jovem identificado como Kainnã Gomes, o Mc Qay, uma das atrações do evento “Baile de Favela”.

O cantor foi registrado num vídeo publicado pelo blog do Ismael Sousa (VER ABAIXO) durante sua apresentação, nos momentos que antecederam o atentado.

Eduardo Nunes de Medeiros, de 19 anos e Lucas Lima Rezende, de 21 anos também morreram durante o ataque.