Michel Temer discursa no fórum Riscos para Negócios Internacionais, na Escola Superior de Propaganda e Marketing), em São Paulo.

Temer diz que desemprego está começando a cair

Durante evento na manhã desta sexta-feira (4), em São Paulo, o presidente Michel Temer destacou que as taxas de desemprego vem caindo no país. “O desemprego está começando a cair. Quando assumimos estava em torno de 14,5 milhões de desempregados. Hoje há uma coisa curiosa que a imprensa tem registrado. Temos tido, todo mês, carteiras assinadas. Em janeiro tivemos cerca de 78 mil carteiras assinadas, em fevereiro 69 mil, em março 59 mil”, disse.

De acordo com o presidente, os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) falam em desemprego, mas isso não seria porque o desemprego cresceu, mas porque o desempregado passou a procurar mais emprego. “Quando você pega os dados do Ministério do Trabalho, você vê que o emprego está aumentando. Mas quando pega os dados do IBGE, a sensação é que o desemprego aumentou. É algo curioso. Mas não é porque o desemprego aumentou. É porque o desempregado, quando a economia começa a melhorar, ele, que estava desalentado e não procurava emprego, se transforma em alentado e vai procurar emprego. E, na medida em que vai procurar emprego e como ainda não há empregos para todos e ele não consegue este fato entra na margem do cálculo do IBGE”, explicou.

Segundo o presidente, este fato repercute no exterior. “Outra coisa são os postos de trabalho, gente que retomou determinada atividade. O que acontece nestes quatro últimos meses é que a abertura de postos de trabalho atingiu mais de 1,5 milhão de pessoas. Portanto, é uma confiança que vem sendo retomada e que tem repercussão no exterior”.

Agência Brasil