Taxa de ocupação de UTIs para Covid-19 volta a superar 70% no Oeste e Seridó potiguar

A taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 voltou a superar a barreira dos 70% nas regiões Oeste e Seridó potiguar, de acordo com dados do sistema Regula RN, usado para regulação de leitos no sistema público de saúde do Rio Grande do Norte. Na manhã desta quarta-feira (30), a taxa era de 73,4% na região Oeste e 74,3% no Seridó.

Ao todo, somente no sistema público, são 155 pessoas internadas em leitos críticos e 134 em leitos clínicos voltados para pacientes de covid-19: um total de 289 pacientes. Ainda assim, o sistema de saúde possuía, durante a manhã, 75 leitos críticos (UTI e semi-intensivo) disponíveis.

Em um relatório publicado no início de dezembro, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN, recomendou que o estado aumentasse em 20% a capacidade de leitos, se passasse mais de três dias com taxa acima de 70%, o que ocorreu; e em 30%, caso passasse dos 80%.

O governo anunciou e efetivou a reabertura de leitos e a taxa de ocupação chegou a cair para menos de 60%, apesar do aumento de internações. Apesar disso, ela já voltou a patamares perto dos 70%. Nesta quarta (30), a taxa do estado como um todo ultrapassava os 67% – a única região abaixo dos 70% era a Grande Natal, que também concentra a maior parte dos leitos, com ocupação de 61,2%.

G1RN