Suspeitos perderam o controle do veículo roubado na rua Marechal Deodoro (foto: Passando na Hora)

Suspeito de participar de assalto a residência é morto em confronto com a polícia

Na madrugada desta terça-feira, 31 maio, assaltantes fizeram um arrastão em uma casa na rua João Câncio, no conjunto Abolição I, roubando diversos pertences e o carro da família. Quando os policiais chegaram à residência, os bandidos já haviam ido embora. No entanto, por volta das 4h, o carro roubado foi visto por uma viatura da Força Tática, que perseguiu os suspeitos. Houve troca de tiros e um dos ocupantes do veículo, Gilsandro Sabino de Lima, foi morto.

Os suspeitos dirigiam o carro roubado pela rua João Cadeiro, em direção à Barragem de Baixo, no bairro Barrocas, quando começou a perseguição policial. Os homens perderam o controle do veículo e bateram na cerca de uma residência na rua Marechal Deodoro.

Após baterem o carro, os assaltantes trocaram tiros com a polícia. Dois ocupantes do veículo conseguiram escapar. O suspeito baleado ainda foi levado pelos policiais para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), mas não resistiu.

Segundo informações da polícia, os assaltantes entraram na casa após quebrar o cadeados do portão da frente. Dentro da residência, os assaltantes teriam comido e bebido e só foram percebidos pelos moradores por que um dos elementos acendeu um cigarro.

Os policiais acreditam que os bandidos conseguiram fugir da residência porque estavam copiando a frequência de rádio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e souberam da chegada da viatura com antecedência.

Os objetos roubados, como botijão de gás, micro-ondas, aparelhos de TV e dinheiro, não foram encontrados dentro do veículo.