Sinte reafirma que aulas presenciais só serão retomadas após vacinação em massa

Coordenadora geral do sindicato destaca que decisão vale para Natal e demais municípios do RN

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (SINTE/RN) reafirmou que o retorno das aulas presenciais na rede estadual acontecerá somente depois da vacinação em massa da comunidade escolar.

A temática foi retomada depois que a Secretaria Estadual de Educação (SEEC/RN) informou que a previsão de retorno das atividades presenciais está mantida para primeiro de fevereiro. Nesta quarta-feira (13), o professor Getúlio Marques, secretário estadual de Educação, anunciou que o ano letivo de 2021 iniciará em 1º de fevereiro no formato híbrido (à distância e presencialmente).

No entanto, o SINTE/RN recorda que a reabertura das escolas acontecerá só após professores, funcionários e alunos serem imunizados coletivamente. A decisão parte de uma assembleia virtual da categoria realizada no dia 3 de dezembro do ano passado. O objetivo é proteger todos que compõem o processo educacional. Desse modo, as aulas deverão voltar apenas virtualmente até que todos estejam vacinados.

O sindicato destaca que caso o Governo mantenha a posição de iniciar o ano letivo de maneira híbrida antes da vacinação, chamará paralisações pela vida. A professora Fátima Cardoso, coordenadora geral do SINTE/RN, comunicou que a deliberação vale para todo Estado. “Neste momento o diálogo é com o Governo, mas as decisões tomadas pela categoria e o SINTE/RN se estendem ao município do Natal e demais municípios do Estado”.