Sérgio Oliveira

Tempo ao tempo. É preciso saber observar e, pacientemente esperar para poder sentenciar se foi ou não um risco da diretoria do ABC contratar Narciso dos Santos, com pouca experiência de treinador em clubes profissionais. Como jogador, além do Santos, Narciso também defendeu o Flamengo. A ideia da diretoria é boa no sentido de que esse é um técnico que não olha apenas para os chamados “jogadores feitos”, também denominados de “medalhões” do futebol. Ele tem visão voltada para descobrir e lapidar jovens talentos oriundos das divisões de base, e isso já é um ponto favorável a sua contratação. E eu acrescentaria o fato de que ele vem de um Campeonato Estadual bem mais qualificado, o Paulistão, no qual conseguiu boas campanhas com Penapolense e Linense. Então, para ser testado e observado no Estadual, ele apresenta boas credenciais. Essa é uma das vantagem de Judas Tadeu, ele ousa.

AMISTOSO

O treinador Givanildo Sales disse que irá usar a boa relação que mantém com as direções de Santa Cruz e Náutico, ambos do Recife-PE para tentar com estas equipes amistosos para o mês de janeiro. Antes, porém, pretende disputar jogos-treinos em Mossoró e cidades mais próximas.

JUSTIÇA
A disputa judicial agora faz parte da rotina da CBF que, não vai demorar também poderá receber ações da Polícia Federal. O ambiente não é nada confortável para dirigentes e opositores que vão mergulhando em uma mar de desconfiança que traz junto a ausência de crédito geral. Infelizmente a corrupção também invadiu o campo esportivo.

JUSTIÇA 2
Para se ter uma ideia da situação, basta dizer que, a simples eleição de um vice-presidente, que em outras esferas costuma-se dizer que o cargo não representa nada, na CBF anda envolto a uma série de medidas liminares, uma caçando a outra. Deu para sentir que, no quesito honestidade, o samba administrativo tem atravessado feio.

PRESSÃO
E não é apenas na CBF e no futebol do Brasil que tem corrupção não, a peste contaminou o futebol mundial e, principalmente a sua mentora, a Fifa. Os promotores nos Estados Unidos pressionam até os bancos para saber o que eles sabem sobre transações financeiras da entidade que controla o futebol mundial. A gatunagem prolifera no ritmo mais acelerado do que a reprodução de coelhos.

COBRANÇA NO FACEBOOK

Normalmente a mídia esportiva costuma divulgar que após a realização de um campeonato, determinado clube ficou devendo salários aos seus jogadores e que isso pode acabar na Justiça do Trabalho. Mas, é bom lembrar, o futebol não gira apenas em torno dos clubes e seus jogadores, em relação aos salários a serem pagos pelo serviço prestado.
Um bom exemplo é a cobrança que vem sendo feita, via Facebook, à Prefeitura de Mossoró, administradora do estádio Nogueirão. O senhor Carlos Barbosa Pontes Neto cobra, em relação ao Campeonato Estadual de 2015, o pagamento de dívidas da prefeitura com o serviço de segurança e bombeiros civis. Segundo ele, são vários pais e mães de família que fazem o apelo. O valor é de R$ 25.243,00. Lembrando que o campeonato encerrou no mês de abril.

FUTURO

Geralmente o torcedor se movimenta e se anima quando seu time encontra-se na vitrine, ou seja, jogando. Mas, seria interessante pensar o clube de futebol também em período nos quais por ventura ele não esteja em atividade. Isso posto, surge a proposta, para que o Grupo de Apoio ao Potiguar (GAP) mantenha suas promoções de forma perene. Durante todo o ano eventos sejam realizados para levantar algum dinheiro para ser investido no futebol do clube.

A pré-temporada do Potiguar pode ser no interior do Ceará e, do Baraúnas, em Grossos-RN.
CHUTEIRAS de Luís Fabiano usadas na despedida do São Paulo devem ir a leilão. E tem quem compre.
EMPRESA que negocia com Coríntians de Caicó pode fechar parceria com FNF.
QUANDO você grita e agride é porque perdeu o poder de argumentação.