Hospital de Pau dos Ferros está na lista das possíveis reformas

Secretaria de Saúde discute reforma de hospitais regionais

Na manhã desta terça-feira (24) uma equipe da Coordenação de Operações de Hospitais e Unidades de Referência (Cohur) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esteve reunida com representantes do RN Sustentável para discutir sobre os projetos de reforma e ampliação de sete hospitais da rede estadual.

A reunião contou com a presença do consultor do projeto IDF/RN Sustentável, Zeev Katz, engenheiro clínico designado pelo Banco Mundial para acompanhamento dos projetos.

Sete hospitais regionais serão beneficiados com obras de reforma e ampliação nos municípios de: Santo Antônio, São José de Mipibu, João Câmara, São Paulo do Potengi, Caicó, Assu e Pau dos Ferros. Estas unidades receberão adequações nas portas de urgência e emergência para utilização do modelo de classificação de risco (Protocolo de Manchester), além de aquisição de equipamentos.

“Em diversas reuniões com estes hospitais, foram definidos os equipamentos hospitalares necessários de acordo com a demanda e perfil das unidades. Estamos realizando encontros frequentes para monitoramento dos projetos e, provavelmente, já neste segundo semestre os processos licitatórios de obras e equipamentos terão início. Nosso objetivo é que eles corram em paralelo”, explicou Ana Petta, gerente do projeto RN Sustentável na Sesap.

Além disso, também serão construídos com recursos do Banco Mundial/RN Sutentável, o Hospital Materno-Infantil, em Mossoró, um Banco de Leite em Pau dos Ferros e um Laboratório de Anatomia Patológica. A expectativa é que estas construções iniciem em 2017, sendo concluídas em 2018, prazo de encerramento do RN Sustentável.

Os projetos de reforma e ampliação serão iniciados por blocos. O primeiro lote contemplará os hospitais de Santo Antônio, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi e Caicó. O segundo lote será dedicado ao Hospital Materno-Infantil de Mossoró, e o terceiro destinado aos hospitais de João Câmara, Assu, Pau dos Ferros, além do Banco de Leite e Laboratório de Anatomia Patológica.