Ricardo Alfredo – Reflexões Teológicas

Meu eu…

“Eu sou um milagre.” (Teólogo Ricardo Alfredo)

 

PENSAMENTO – como vencer o dia mal

Nos tempos difíceis e escuros da nossa vida, a atitude mais sensata é confiar em Deus. Porque quando entregarmos a Ele todas as nossas preocupações, não existe nada que nos possa parar.

O Deus Todo Poderoso quer te ajudar a superar qualquer problema através da Sua Palavra.

Não confio em meu arco, minha espada não me concede a vitória; mas tu nos concedes a vitória sobre os nossos adversários e humilhas os que nos odeiam. Em Deus nos gloriamos o tempo todo, e louvaremos o teu nome para sempre. (Salmos 44:6-8)

Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (João 16:33)

Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem. (Romanos 12:21)

ANIVERSÁRIOS – MÊS DE AGOSTO – FELIZ DE LUZ, NASCEU MARIAH E ISABELLY.

As minhas filhas Mariah e Isabelly, neste mês de agosto está de idade nova.

 

Essas lindas moças são minhas filhas. Mesmo no silêncio da voz, eu sei que são amadas por Deus. E assim, agradeço imensamente a Deus pela proteção e amor que tem para conosco. Agradeço pela saúde de vocês, pelas suas conquistas! Que Deus continue iluminando as suas vidas! Não se esqueça… a generosidade e bondade, em dias escuros são pontos de amor. Ensinar e amar é ser generoso e bom! Feliz aniversário, que Deus, continuei lhe abençoando com o seu amor e sua generosidade. Parabéns.

 

OS VERDADEIROS HERÓIS DA FÉ

Baseado na leitura das sagradas letras, (a Bíblia), termos uma série de heróis da fé. Homens e mulheres que enfrentam o sistema pela fé e prevaleceram contra a mal.

Mesmo rejeitados e humilhados, pelo domínio mundano, preferiram as dores de Cristo do que as riquezas e os prazeres momentos da vida.

Estes heróis, não receberam logo seus troféus ou medalhas, entretanto, fixaram seus olhos na gloria eterna e seguiram a sua jornada. Viveram de forma inteligente, com temor a Deus, em obediência as leis humanas, sem deixa de seguir os conceitos do Justo Juiz dos mundos e Senhor do universo.

Gemeram de dores, choraram, sofreram, apanharam, foram presos, humilhados, rejeitos, maltratados. Homens e mulheres que o mundo não era digno de recebe-los. Porém, cumpriram sua carreira e guardaram a fé.

O período dos patriarcas

  1. Abraão: o amigo de Deus. Era o grande patriarca do povo de Israel, ele é um exemplo extraordinário de fé autêntica no grande Deus. Ele recebeu em seu coração as promessas de Deus. E saiu de sua terra, Ur dos caldeus, sem sabe onde chegaria, ou que comeria, onde poderia repousar. Depois de longos dias de caminhada habitou na Terra Prometida como estrangeiro. Além disso, ele nitidamente creu que o compromisso de Deus não se resumia apenas a uma pátria terrena, mas, sobretudo, a uma pátria celestial (Hebreus 11:8-12).

Abraão também creu na promessa de Deus com relação a um descendente, apesar de sua idade avançada e a esterilidade de sua esposa. Depois, quando Deus o provou, Abraão não hesitou em levar seu próprio filho ao holocausto. Sua fé era tão inabalável nas promessas do Senhor, que ele tinha convicção de que Deus era poderoso até para ressuscitar Isaque dentre os mortos (Hebreus 11:17-19).

  1. Sara: esposa de Abraão que era estéril. Quando Deus lhe prometeu um filho, Sara já tinha uma idade muito avançada. Apesar de já estar com mais de noventa anos de idade, pela fé Sara recebeu do Senhor a oportunidade de ser mãe (Hebreus 11:11).
  2. Isaque: filho de Abraão e Sara e herdeiro da mesma promessa. Pela fé, ele abençoou seus filhos acerca de coisas que ainda estavam por vir (Hebreus 11:20).
  3. Jacó: filho de Isaque e neto de Abraão. O escritor de Hebreus destaca que foi pela fé que ele abençoou os filhos de José, dizendo que o menor seria mais proeminente que o maior (Hebreus 11:21; Gênesis 48:13-20).
  4. José: filho de Jacó que se tornou governador do Egito. Antes de morrer, ele fez menção da promessa do êxodo de seu povo do Egito feita por Deus ao seu bisavô Abraão (Gênesis 15:13,14). Então, pela fé, José deu ordens para que seus restos mortais fossem tirados do Egito e levados para a Terra Prometida. Ele realmente tinha fé nas coisas que não se vê (Hebreus 11:22

PENSAMENTO

 “Todos os heróis de Deus, sofrem todas as dores da vida, porem sentem a alergia da presença do espirito de Deus. ” (Escritor: Ricardo Alfredo)

ORIENTAÇÃO DO VOTO CRISTÃO CENSURADO POR MINISTRO DO TSE

 

O ministro Edson Fachin, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), defendeu nesta segunda-feira (10) enquadrar em abuso de autoridade aqueles candidatos que tiram proveito (ser aconselhado pelo seu pastor, padre, outros ou o pastor, padre, outros orientar os fiéis) da religião para influenciar votos de fiéis.

Sempre é assim, querem controlar o pensamento do cristão, e terminar nos lançando em prisões, como já é costume dos perseguidores do povo de Deus.

É um simples fato igual a este, que se transforma em perseguição religiosa.  O pastor, padre ou bispo é um cidadão livre e tem o dever de orientar os fiéis, nisto não há crime, pelo contrário, é democracia, é educação e modo de vida.

Abuso é querer dizer o que o cidadão livre pode pensar e ter como filosofia, ou mesmo como costume de vida. A igreja de Jesus é ordeira e santa, não precisa da política nem dos políticos, todavia estamos na terra e como cidadão temos o dever de ensinar, orientar, estudar, aconselhar a santidade, a bondade, a sinceridade e a servir com amor ao próximo. Coisa quase impossível nesta nação coberta de corruptos e malfeitores.

VISÃO POLÍTICA – Bancada evangélica quer imunidade para as igrejas na reforma tributária

A frente parlamentar evangélica na Câmara dos Deputados, conhecida como bancada evangélica, encabeça uma articulação para ampliar, dentro do projeto da reforma tributária, o alcance da imunidade e das isenções concedidas atualmente a entidades religiosas. (Grifo nosso: muito justo, a igreja presta serviços sociais relevante e precisa ser reconhecidos). (Fonte: O Globo)

PENSAMENTO

“A fé não é garantia de prosperidade, mas de estar satisfeito em Deus e viver feliz na abundância ou na necessidade” (John Piper)

ACJUS – Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró

Homens e mulheres que trabalham por uma sociedade igualitária e justa.

PENSAMENTO

 “Há algumas virtudes suas que jamais seriam descobertas, se não fossem as provações pelas quais você passa” (Teólogo C. H. Spurgeon)

VISÃO POLÍTICA – comemoração da Declaração Universal dos Direitos Humanos (12 de agosto)

Adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (resolução 217 A III) em 10 de dezembro 1948.

Preâmbulo

Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo,

Considerando que o desprezo e o desrespeito pelos direitos humanos resultaram em atos bárbaros que ultrajaram a consciência da humanidade e que o advento de um mundo em que mulheres e homens gozem de liberdade de palavra, de crença e da liberdade de viverem a salvo do temor e da necessidade foi proclamado como a mais alta aspiração do ser humano comum,

Considerando ser essencial que os direitos humanos sejam protegidos pelo império da lei, para que o ser humano não seja compelido, como último recurso, à rebelião contra a tirania e a opressão,

Considerando ser essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações,

Considerando que os povos das Nações Unidas reafirmaram, na Carta, sua fé nos direitos fundamentais do ser humano, na dignidade e no valor da pessoa humana e na igualdade de direitos do homem e da mulher e que decidiram promover o progresso social e melhores condições de vida em uma liberdade mais ampla,

Considerando que os Países-Membros se comprometeram a promover, em cooperação com as Nações Unidas, o respeito universal aos direitos e liberdades fundamentais do ser humano e a observância desses direitos e liberdades,

Considerando que uma compreensão comum desses direitos e liberdades é da mais alta importância para o pleno cumprimento desse compromisso,

Agora portanto a Assembleia Geral proclama a presente Declaração Universal dos Direitos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade tendo sempre em mente esta Declaração, esforce-se, por meio do ensino e da educação, por promover o respeito a esses direitos e liberdades, e, pela adoção de medidas progressivas de caráter nacional e internacional, por assegurar o seu reconhecimento e a sua observância universais e efetivos, tanto entre os povos dos próprios Países-Membros quanto entre os povos dos territórios sob sua jurisdição.

Artigo 1

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.

Artigo 2

  1. Todo ser humano tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição.
    2. Não será também feita nenhuma distinção fundada na condição política, jurídica ou internacional do país ou território a que pertença uma pessoa, quer se trate de um território independente, sob tutela, sem governo próprio, quer sujeito a qualquer outra limitação de soberania.

Artigo 3

Todo ser humano tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.

Artigo 4

Ninguém será mantido em escravidão ou servidão; a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.

Artigo 5

Ninguém será submetido à tortura, nem a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante.

Artigo 6

Todo ser humano tem o direito de ser, em todos os lugares, reconhecido como pessoa perante a lei.

Artigo 7

Todos são iguais perante a lei e têm direito, sem qualquer distinção, a igual proteção da lei. Todos têm direito a igual proteção contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação.

Artigo 8

Todo ser humano tem direito a receber dos tribunais nacionais competentes remédio efetivo para os atos que violem os direitos fundamentais que lhe sejam reconhecidos pela constituição ou pela lei.

Artigo 9

Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado.

Artigo 10

Todo ser humano tem direito, em plena igualdade, a uma justa e pública audiência por parte de um tribunal independente e imparcial, para decidir seus direitos e deveres ou fundamento de qualquer acusação criminal contra ele.

Artigo 11

1.Todo ser humano acusado de um ato delituoso tem o direito de ser presumido inocente até que a sua culpabilidade tenha sido provada de acordo com a lei, em julgamento público no qual lhe tenham sido asseguradas todas as garantias necessárias à sua defesa.

  1. Ninguém poderá ser culpado por qualquer ação ou omissão que, no momento, não constituíam delito perante o direito nacional ou internacional. Também não será imposta pena mais forte de que aquela que, no momento da prática, era aplicável ao ato delituoso.

Artigo 12

Ninguém será sujeito à interferência na sua vida privada, na sua família, no seu lar ou na sua correspondência, nem a ataque à sua honra e reputação. Todo ser humano tem direito à proteção da lei contra tais interferências ou ataques.

Artigo 13

  1. Todo ser humano tem direito à liberdade de locomoção e residência dentro das fronteiras de cada Estado.
  2. Todo ser humano tem o direito de deixar qualquer país, inclusive o próprio e a esse regressar.

Artigo 14

  1. Todo ser humano, vítima de perseguição, tem o direito de procurar e de gozar asilo em outros países.
  2. Esse direito não pode ser invocado em caso de perseguição legitimamente motivada por crimes de direito comum ou por atos contrários aos objetivos e princípios das Nações Unidas.

Artigo 15

  1. Todo ser humano tem direito a uma nacionalidade.
  2. Ninguém será arbitrariamente privado de sua nacionalidade, nem do direito de mudar de nacionalidade.

Artigo 16

  1. Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer restrição de raça, nacionalidade ou religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma família. Gozam de iguais direitos em relação ao casamento, sua duração e sua dissolução.
    2. O casamento não será válido senão com o livre e pleno consentimento dos nubentes.
    3. A família é o núcleo natural e fundamental da sociedade e tem direito à proteção da sociedade e do Estado.

Artigo 17

  1. Todo ser humano tem direito à propriedade, só ou em sociedade com outros.
    2. Ninguém será arbitrariamente privado de sua propriedade.

Artigo 18

Todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; esse direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença pelo ensino, pela prática, pelo culto em público ou em particular.

Artigo 19

Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; esse direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.

Artigo 20

  1. Todo ser humano tem direito à liberdade de reunião e associação pacífica.
    2. Ninguém pode ser obrigado a fazer parte de uma associação.

Artigo 21

  1. Todo ser humano tem o direito de tomar parte no governo de seu país diretamente ou por intermédio de representantes livremente escolhidos.
    2. Todo ser humano tem igual direito de acesso ao serviço público do seu país.
    3. A vontade do povo será a base da autoridade do governo; essa vontade será expressa em eleições periódicas e legítimas, por sufrágio universal, por voto secreto ou processo equivalente que assegure a liberdade de voto.

Artigo 22

Todo ser humano, como membro da sociedade, tem direito à segurança social, à realização pelo esforço nacional, pela cooperação internacional e de acordo com a organização e recursos de cada Estado, dos direitos econômicos, sociais e culturais indispensáveis à sua dignidade e ao livre desenvolvimento da sua personalidade.

Artigo 23

  1. Todo ser humano tem direito ao trabalho, à livre escolha de emprego, a condições justas e favoráveis de trabalho e à proteção contra o desemprego.
    2. Todo ser humano, sem qualquer distinção, tem direito a igual remuneração por igual trabalho.
  2. Todo ser humano que trabalha tem direito a uma remuneração justa e satisfatória que lhe assegure, assim como à sua família, uma existência compatível com a dignidade humana e a que se acrescentarão, se necessário, outros meios de proteção social.
  3. Todo ser humano tem direito a organizar sindicatos e a neles ingressar para proteção de seus interesses.

Artigo 24

Todo ser humano tem direito a repouso e lazer, inclusive a limitação razoável das horas de trabalho e a férias remuneradas periódicas.

Artigo 25

  1. Todo ser humano tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e à sua família saúde, bem-estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis e direito à segurança em caso de desemprego, doença invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência em circunstâncias fora de seu controle.
    2. A maternidade e a infância têm direito a cuidados e assistência especiais. Todas as crianças, nascidas dentro ou fora do matrimônio, gozarão da mesma proteção social.

Artigo 26

  1. Todo ser humano tem direito à instrução. A instrução será gratuita, pelo menos nos graus elementares e fundamentais. A instrução elementar será obrigatória. A instrução técnico-profissional será acessível a todos, bem como a instrução superior, está baseada no mérito.
  2. A instrução será orientada no sentido do pleno desenvolvimento da personalidade humana e do fortalecimento do respeito pelos direitos do ser humano e pelas liberdades fundamentais. A instrução promoverá a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações e grupos raciais ou religiosos e coadjuvará as atividades das Nações Unidas em prol da manutenção da paz.
  3. Os pais têm prioridade de direito na escolha do gênero de instrução que será ministrada a seus filhos.

Artigo 27

  1. Todo ser humano tem o direito de participar livremente da vida cultural da comunidade, de fruir as artes e de participar do progresso científico e de seus benefícios.
    2. Todo ser humano tem direito à proteção dos interesses morais e materiais decorrentes de qualquer produção científica literária ou artística da qual seja autor.

Artigo 28

Todo ser humano tem direito a uma ordem social e internacional em que os direitos e liberdades estabelecidos na presente Declaração possam ser plenamente realizados.

Artigo 29

  1. Todo ser humano tem deveres para com a comunidade, na qual o livre e pleno desenvolvimento de sua personalidade é possível.
  2. No exercício de seus direitos e liberdades, todo ser humano estará sujeito apenas às limitações determinadas pela lei, exclusivamente com o fim de assegurar o devido reconhecimento e respeito dos direitos e liberdades de outrem e de satisfazer as justas exigências da moral, da ordem pública e do bem-estar de uma sociedade democrática.
  3. Esses direitos e liberdades não podem, em hipótese alguma, ser exercidos contrariamente aos objetivos e princípios das Nações Unidas.

Artigo 30

Nenhuma disposição da presente Declaração poder ser interpretada como o reconhecimento a qualquer Estado, grupo ou pessoa, do direito de exercer qualquer atividade ou praticar qualquer ato destinado à destruição de quaisquer dos direitos e liberdades aqui estabelecidos.

PENSAMENTO

“O aborto é desconhecer o dom da vida, que vem de Deus.” (Teólogo Ricardo Alfredo)

 

A LISTA

O sábio do sertão (prof. Doutor Benedito) vem lançado a lista dos ilustres visitantes no Museu do Sertão. Parabéns professor. 

AFLAM – academia feminina de artes e letras de Mossoró

Lá se vão treze anos de crescimento, lutas e incentivos ao desenvolvimento cultural de Mossoró, congregando escritoras, poetizas, pintoras, musicistas e artistas em geral, ressaltando a memória e o pensamento vivo de figuras femininas do “País de Mossoró”, expressão do saudoso Vingt-un Rosado.

O significado poético pode ser decantado através dos versos de elogio à AFLAM, de nossa autoria em 2008, dos quais teve origem o Hino Oficial da nossa Academia, como segue:

AFLAM, és compromisso; és viver

Pulsa no peito o orgulho de você

Do caminhar de mulheres heroicas

Passarás a ser meritórica!

E assim cresce a AFLAM, contribuindo para a projeção das atividades literárias das mulheres, instigando à reflexão criativa de novos saberes!

Parabéns AFLAM, pelos seus feitos e sua história de 13 anos semeando a cultura! Parabéns as meninas.

PENSAMENTO

“Jamais der ouvidos, há um homem que não fala com Deus”. (Teólogo Ricardo Alfredo)

SILAS MALAFAIA E A SUA SAGA

O pastor Silas Malafaia, líder da ADVEC (Assembleia de Deus Vitória em Cristo), foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a indenizar em R$ 15 mil o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) por ofensas feitas em vídeos publicados durante a campanha eleitoral de 2016. O profeta vem sendo perseguido constantemente por alguns que querem um país sem rumo.  

 

DIA DOS PAIS

Estes dois anjos, é a minha avó-mãe e o meu avô-pai, Maria Lúcia e Alfredo Gabriel, já dormem. No entanto, como é mês dos pais, lembro-me que o meu avô me ensinou o caminho da decência, da bondade, da generosidade, da humildade e da educação. Mostrou-me o caminho da educação como forma de ser melhor, e com paciência me falou de amor ao próximo como fruto da sabedoria.

Ao olhar essa foto, meu coração de forma silenciosa, com os olhos cobertos de saudade e de lágrimas, que percorrem caprichosamente, reverência este grande homem.  Meu querido avô, daí onde estais, escute a minha voz, consegui, obrigado.

MINHAS FILHAS – aniversário

 

Minhas queridas filhas, este mês é quando à luz de vocês nasceram nesta vida. E tenho certeza que o coração de vocês duas está radiante, felizes por saber que o Deus dos céus guarda vocês em amor. E neste dia repleto de luz comemoramos mais um ano de vida.

Todos estarmos refletido seu dia, seu nascimento, e olhando como Deus é bom e misericordioso. Nós sabemos, que são pessoas boas e fazem o bem por isso o amor do eterno é com vocês. As dificuldades sempre viram, todavia, a coragem e fé de enfrentar é um dom que vocês têm.

A cada novo amanhecer, surge uma nova esperança. Bem sei que o mundo está em completa desordem. Mas, a única certeza é que o bom amigo, Cristo, Salvador não nos abandonará e então poderemos ser felizes pela graça de Deus.

Parabéns minhas filhas, tenham um aniversário inesquecível! Que esse dia possa se repetir por vários anos. Feliz aniversário, do seu pai!

AS BELAS CANÇÕES DA MPB – Todos os meus rumos – Roberto Carlos

Há sempre uma sombra em meu sorriso

Ouvir a sua voz me faz tremer

Foi seu amor que fez isso comigo

Só não me ensinou como esquecer

Lembrar você desperta o meu desejo

E um outro amor eu saio a procurar

Há um pouco de você em cada beijo

E um mundo de saudade em meu olhar

Por mais que eu procure

Caminhar sozinho

Todos os meus rumos

Atravessam seu caminho

E por mais que eu tente

Desviar meus passos

Eu acabo sempre nos seus braços

E por mais que eu tente

Desviar meus passos

Eu acabo sempre nos seus braços

Depois de cada vez que nos amamos

Eu quero me afastar, tento fugir

E até repito frases preparadas

Pra te dizer na hora de partir

Mas seu olhar me faz ficar calado

E quando eu tento te dizer adeus

Me fogem sempre todas as palavras

E volto novamente aos braços teus

Por mais que eu procure

Caminhar sozinho

Todos os meus rumos

Atravessam seu caminho

E por mais que eu tente

Desviar meus passos

Eu acabo sempre nos seus braços

BOA LEMBRANÇA

Na Alern – Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, na cidade do natal com amiga Larissa Rosado. Reconhecimento sempre é bom.

Rússia anuncia primeira vacina contra a covid-19

O presidente Vladimir Putin anunciou nesta terça-feira (11) que a Rússia registrou a primeira vacina do mundo contra o novo coronavírus. Ele garantiu que sua filha já tomou a vacina e que ela estará disponível a partir de janeiro. A decisão é questionada e a Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu o cumprimento dos protocolos e dos regulamentos.

O Ministério da Saúde russo deu a aprovação regulatória para o produto, desenvolvid pelo Instituto Gamaleya de Moscou, após menos de dois meses de iniciados os testes em humanos.

MÚSICA GOSPEL – AS MAIS BELAS CANÇÕES CRISTÃS

Sou Um Milagre (Voz da Verdade)

Nunca houve noite que pudesse impedir

O nascer do Sol e a esperança

E não há problema que possa impedir

As mãos de Jesus pra me ajudar

Nunca houve noite que pudesse impedir

O nascer do Sol e a esperança

E não há problema que possa impedir

As mãos de Jesus pra me ajudar

Haverá um milagre dentro de mim

Vem descendo um rio pra me dar a vida

Este rio que emana lá da cruz, do lado de Jesus

Haverá um milagre dentro de mim

Vem descendo um rio pra me dar a vida

Este rio que emana lá da cruz, do lado de Jesus

Aquilo que parecia impossível

Aquilo que parecia não ter saída

Aquilo que parecia ser minha morte

Mas Jesus mudou minha sorte

Sou um milagre e estou aqui

Aquilo que parecia impossível

Aquilo que parecia não ter saída

Aquilo que parecia ser minha morte

Mas Jesus mudou minha sorte

Sou um milagre e estou aqui

Usa-me, sou o Teu milagre

Usa-me, eu queroTe servir

Usa-me, sou a Tua imagem

Usa-me, Ó Filho de Davi

Aquilo que parecia impossível

Aquilo que parecia não ter saída

Aquilo que parecia ser minha morte

Mas Jesus mudou minha sorte

Sou um milagre e estou aqui

AMOL – lançamento do livro

 

LANÇAMENTO DO LIVRO – A política e voto cristão

Lançamento do livro “a política e voto cristão”. Livro que retrata a realidade da escolha de um bom representante no mundo política.

Autor Ricardo Alfredo, 110 páginas de uma boa leitura.

 

ARQUEOLOGIA BÍBLICA

A bíblia relata uma história trágica onde o rei Acabe e Jezabel tomar uma vinha, que era herança de Nabote, por meio de assassinato.

 

A vinha que ficava em Jezreel, pode ter sido encontrada por arqueólogos.

Durante uma escavação, arqueólogos em 2013, encontraram assim desde então passaram a explorar.

De acordo com o relato bíblico, a vinha de Nabote ficava em Jezreel, ao lado do palácio do Rei Acabe.

Porém, o rei queria aquelas terras para fazer uma horta e logo ofereceu um valor para Nabote, para que pudesse ter uma vinha melhor.

No entanto, Nabote se negou vender, visto que era herança de seus pais, segundo a lei de Moisés, não poderia se destituir delas.

O Rei Acabe ficou aborrecido, e Jesabel, sua esposa e rainha, pediu para quê arrumassem falsas testemunhas dizendo que Nabote amaldiçoou a Deus e ao seu rei.

Nabote então, foi apedrejado até a morte e a vinha foi possuída por Acabe.

Por causa desse pecado, o profeta Elias, em Nome de Deus condenou a Acabe.

Não é possível datar o local encontrado pelos pesquisadores, de acordo com a Dra. Norma Franklin, do Instituto Zinman de Arqueologia da Universidade de Haifa, ao site Jerusalem Post.

Mas vários fatores encontrados no local, indica que ele é compatível com a vinha descrita na bíblia.

“Com esses tipos de estruturas, podemos avaliar quando foi a última vez que elas foram usadas — neste caso, bastante tarde, por volta do primeiro século d.C. — mas não quando elas foram construídas”, falou Franklin.

“Os eventos descritos na Bíblia costumam ser considerados por volta do século 9 a.C. É possível que a vinícola já existisse naquela época, mas é difícil dizer. No entanto, alguns estudiosos acreditam que a história foi realmente escrita mais tarde, por volta do século 6 a.C., quando podemos afirmar com certeza que a vinícola já estava em operação”, acrescentou Franklin.

A tecnologia de produção de vinho usada em Jezreel era bastante arcaica, envolvendo pessoas que pisavam as uvas com os pés, pelo menos quatro pessoas por vez, segundo Franklin.

“Outro elemento que foi muito emocionante para nós é que, há vários anos, pegamos amostras do solo de um kibutz (comunidade judaica) para descobrir onde seria possível cultivar uvas […] Os resultados mostraram que em toda a área havia apenas uma pequena região que seria boa para as vinícolas, exatamente onde ficava a antiga vinha [de Nabote]”.

Enquanto as escavações estão paradas, os arqueólogos têm publicado suas descobertas recentes. (Fonte: Guia-me com informações de Jerusalém Post)

 

ABORTO LEGAL

Sem nenhuma pretensão de ser dono da verdade, apenas com a finalidade de evidenciar as diversas visões, quase sempre, contraditórias, tanto do legislador penal, como da religião, diante de um tema polêmico que é o aborto, devemos guardar as proporções necessárias e humanas. Por outro lado, é necessário analisar caso a caso para que ocorra a justificada liberação do aborto e sua consumação de forma humanitária e honrada.

Como imagem da aspiração de nossa coletividade democrática e, embora, perante ao fato de que o aborto é uma prática analisada por diversos grupos sociais, é necessário buscarmos compreender como este ato pode e deve ser legal.

Nas Discussões doutrinárias, éticas, religiosas e médicas à parte, essa é a realidade em que todos estamos de forma ou outra envolvidos na vida da coletividade e dos costumes sociais e religiosos.

De antemão precisamos saber o real significado de aborto, que é: Aborto (de ab-ortus) imprime a imagem de privação do nascituro ou seja do nascimento. Que pode ser a interrupção espontânea da gravidez, com a morte do nascituro. Existe uma corrente que acastela que a terminação correta seria “abortamento” que é um ato de que a consequência é a eliminação do feto, nascituro.

Como a terminação mais lavrada é a segunda, aproveitaremos em nossa, simples análise. Nas cartas de orientação médica, encontr5amos que o aborto é a interrupção da gravidez até 20ª ou 22ª semana, ou quando o feto pese até 500 gramas.

Em presença desta primeira parte, chegamos as espécies de aborto que são: O aborto natural, acidental, criminoso, legal ou permitido. O aborto natural não é crime e acontece porque há uma interrupção espontânea da gravidez. O acidental, também não é crime, tendo em vista que a causa do aborto pode ter várias origens e causas, como traumatismos, quedas etc. O aborto classificado como criminoso é aquele punido pelo ordenamento jurídico. Já o aborto lícito tem as seguintes subdivide: a) terapêutico ou necessário: utilizado para salvar a vida da gestante ou impedir riscos iminentes à sua saúde em razão de gravidez anormal; b) eugenésico ou eugênico: é o feito para interromper a gravidez em caso de vida extra-uterina inviável. O aborto miserável ou econômico social praticado por motivos de dificuldades financeiras, prole numerosa. O aborto honoris causa é feito para salvaguardar a honra no caso de uma gravidez adulterina ou outros motivos morais.

Diz a lei sobre o aborto permitido: CP – Decreto Lei nº 2.848 de 07 de dezembro de 1940

Art. 128 – Não se pune o aborto praticado por médico: (Vide ADPF 54)

Aborto necessário

I – Se não há outro meio de salvar a vida da gestante;

Aborto no caso de gravidez resultante de estupro

II – Se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu representante legal.

Portanto, numa sociedade seria, democrática e de virtude humanas, o aborto pelo aborto deve ser repudiado. Porém, quando se trata dos princípios legais devemos defender o direito da mulher escolher quando, e como deve fazer o aborto. Entretanto, devemos guardar os princípios religiosos com prudência e amor ao próximo. Visto que a vida é um dom de Deus e não deve ser cessada por motivos mesquinhos ou de orgulho.

 

REFLEXÃO – Uma Análise da Boa Semente

Este salmo é uma continuação do salmo 42, tendo a mesma visão e os mesmo pedidos a Deus.

Salmo 43

  1. Faze-me justiça, ó Deus, e pleiteia a minha causa contra a nação ímpia. Livra-me do homem fraudulento e injusto.
  2. Pois tu és o Deus da minha fortaleza; por que me rejeitas? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo?
  3. Envia a tua luz e a tua verdade, para que me guiem e me levem ao teu santo monte, e aos teus tabernáculos.
  4. Então irei ao altar de Deus, a Deus, que é a minha grande alegria, e com harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu.
  5. Por que estás abatida, ó minha alma? E por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face e Deus meu.

Divisão teológica para estudo

1- Dos versículos1 – 2: pedido de justiça

2- Dos versículos 3 – 4: A verdade de Deus

3- Do versículo 5: A alma abatida

Análise teológica

Versículos 1 e 2 – pedido de justiça

O salmista se declara inocente e injustiçado. Na sequência surge a pergunta:  por que me rejeitas Senhor? O que mostra uma dor na alma vinda da sensação da rejeição. Estes dois versículos, claramente trata de lamentação.

Versículos 3 e 4 – A verdade de Deus

Diante da depressão o salmista pede a Deus que o liberte e volte a sentir o gozo da salvação e da presença do Espirito de Deus.

Versículo 5 – A alma abatida

Como é um poeta, o salmista busca de forma poética, abri seu coração e receber a graça de Deus de novo. Visto que, ele acredita que um dia vai voltar a louvar e pela graça via retorna ao seu antigo lugar diante de Deus que era de adorador.

Interpretação do Salmo 43

43.1,2 — Pedido de justiça – é uma afirmação de inocência (Sl 17; 26; 35). O salmista assume a postura de um injustiçado. Por que me rejeitas? O que mais magoa o salmista não são as palavras de seus inimigos, mas a sensação de que Deus o rejeitou (Sl 13).

43.3,4 — A verdade de Deus – O salmista pede a Deus para ser liberto. Consulte o Salmo 104.2 para saber o significado de luz; e o Salmo 100.5, para saber o significado de verdade. Somente a verdadeira luz de Deus poderia salvá-lo do engano e das trevas que o cercavam. Teus tabernáculos. Mais do que qualquer outra coisa, o salmista deseja se juntar à comunidade de adoração a Deus (Sl 149.1).

43.5 — A alma abatida – Estas palavras são um refrão neste salmo e no anterior (Sl 42.5,11). Em um momento de incerteza e aflição, o poeta urge seu íntimo, pelo poder de Deus, a continuar a crer. Sabe que um dia, pela graça de Deus, retornará ao lugar onde é louvado e cultuado o Senhor, o centro de adoração em Jerusalém.