Deliberação foi feita em assembleia nesta quinta-feira

Professores da rede municipal decidem entrar em estado de greve

Em assembleia realizada nesta quinta-feira, 4, professores da rede municipal de ensino decidiram entrar em estado de greve até o dia 16 de fevereiro. “Ninguém vai para as escolas até esta data”, orienta a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), Marleide Cunha.

Durante a assembleia, os professores receberam um ofício da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) convidando a categoria para uma reunião no dia 15 de fevereiro. Diante disso, os servidores deliberaram manter estado de greve até a discussão da pauta com o Executivo.

No dia 16 de fevereiro, após a reunião entre a PMM e o Sindiserpum, será realizada uma nova assembleia onde serão repassadas as decisões tomadas e que medidas serão adotadas pela categoria.

“Mais uma vez a Prefeitura usa deste tipo de estratégia para retardar as negociações da categoria, mas iremos ouvir o que o prefeito tem a nos dizer no dia 15, mas até lá, nenhum professor irá para sala de aula”, enfatiza Marleide Cunha.