Pfizer começa segunda fase de testes para potencial vacina nos EUA

Vacina experimental desencadeou respostas nas células T dos participantes, além de neutralizar títulos de anticorpos

As farmacêutica Pfizer e BioNTech informaram que iniciaram nos Estados Unidos a segunda e penúltima fase de um ensaio clínico para uma potencial vacina contra o coronavírus, que deve envolver 30 mil pessoas em todo o mundo.

“É um grande passo para frente no nosso progresso no sentido de fornecer uma potencial vacina para ajudar a combater a pandemia de covid-19, e esperamos gerar dados adicionais à medida que o programa progrida”, afirmou a chefe de pesquisa e desenvolvimento de vacinas da Pfizer, Kathrin U. Jansen.

Exame.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *