O Papa entre as crianças da Unidade de Oncologia do Gemelli

Atraído pela música que provinha da Unidade de Oncologia Pediátrica da Policlínica Gemelli, o Papa quis levar seu conforto a pais e pacientes.

Vatican News

Muitos carinhos e a resposta em tímidos sorrisos: assim foi a tarde do Papa Francisco, que transcorreu alguns instantes visitando a Unidade de Oncologia Pediátrica da Policlínica Gemelli, que fica no mesmo andar onde está internado.

O que chamou a atenção do Pontífice foi a música que provinha do corredor próximo ao seu apartamento. Um projeto da capital italiana leva concertos a crianças internadas nas sessões de oncologia e a etapa desta terça-feira estava justamente programada no Hospital Gemelli às 16h30 locais. Assim que o concerto terminou, o Santo Padre foi até ao local para saudar os pacientes e seus pais.

Dois dias atrás, no Angelus dominical, Francisco se circundou de crianças da mesma unidade para rezar a oração mariana e naquela ocasião falou do mistério que representa a dor infantil. Não há resposta para a pergunta “Por que as crianças sofrem?”, mas certamente é uma pergunta que toca o coração.