Notas da Redação

RISCOS

Governadores e prefeitos vão flexibilizando o isolamento social, mas as mortes provocadas pelo Covid-19 não param. Ontem, mais dois médicos faleceram por conta do coronavírus, Dr. Paulo Matos e Dr. Nivaldo Sereno Noronha Jr., que atendiam na área da pediatria.

LUTO

O presidente da Associação Médica do RN, Dr. Marcelo Matos Cascudo, decretou luto institucional pelo período de três dias, em memória aos médicos e médicas deste estado que faleceram precoce e abruptamente em virtude da pandemia de covid-19.

MANIFESTAÇÕES

Profissionais de saúde estão realizando manifestações no país em homenagens às centenas de profissionais dessa área que faleceram por conta do Covid-19. Com máscaras de proteção, as mobilizações são silenciosas e segurando cruzes que simbolizavam as vidas perdidas.

PLATÔ

O ministério da Saúde considera que o Brasil vive um platô na curva de mortes em função da covid-19. O termo platô é utilizado pelas autoridades de saúde quando há uma estabilização da evolução dos índices de uma pandemia.

MÉDICOS

Por conta do risco de contaminação, vários profissionais estão solicitando férias e pedindo afastamento do serviço, acarretando a falta de médicos em diversas UBS, tanto em Mossoró como em todo Brasil.

DECISÕES

A Assembleia Legislativa e a maioria da Câmaras Municipais do RN decidiram prorrogar as restrições por mais quinze dias, com as reuniões das Casas Legislativas sendo realizadas por meio virtual.

ELEIÇÕES

A Câmara dos Deputados aprovou ONTEM, quarta-feira (1º) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano devido à pandemia causada pelo novo coronavírus.

VOTAÇÃO

O placar de votação da PEC no segundo turno foi de 407 votos a 70. Pouco antes, no primeiro turno, foram 402 votos a 90 contrários. O texto será promulgado nesta quinta-feira (2), às 10 horas, pelo Congresso Nacional.

CANDIDATOS

A aprovação do adiamento das eleições já era esperada. Com o estabelecimento das datas, os candidatos intensificam suas ações, trabalhando na escolha dos seus nomes pelos eleitores. Várias pesquisas estão sendo divulgadas, em vários municípios, comprovando a mobilização.

CLOROQUINA

O hospital Albert Einstein desmentiu o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, que afirmou que a instituição teria voltado atrás em sua recomendação contra o uso de cloroquina em pacientes do hospital, infectados pela Covid-19.

RECOMENDAÇÃO

Dirigentes do Albert Einstein disseram que a divulgação é falsa e que o hospital não voltou atrás nessa recomendação divulgada na semana passada. Continua suspenso o uso do medicamento em seus pacientes que estejam em tratamento de infecção pelo Covid-19

PASSARELAS

Há tempos que os parlamentares solicitam a instalação de passarelas em Mossoró, sem que o Poder Executivo fique sensibilizado. Ontem, o vereador Zé Peixeiro (PP) cobrou essa providência, para garantir a segurança na travessia dos pedestres em diversos locais da cidade.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *