Notas da Redação

PICANHA

A mídia nacional divulgando mensagem do presidente Bolsonaro, em suas redes sociais, comemorando um churrasco com carne picanha que custa R$ 1.799,00 o quilo. Tudo bem, se tivesse sido comprado com recursos próprios, mas na cota da Presidência, tenha paciência!

PRESSA

O senador Girão, do Podemos, Ceará, classificado entre os independentes, crítica a CPI da Covid-19 por ainda não haver convocado governadores e prefeitos para depoimentos ante a Comissão. Contudo, essa convocação deverá ocorrer no tempo oportuno.

PAZUELLO

Para mostrar que não está alinhado ao Planalto, o senador Girão também criticou a CPI não haver pressionado o general Pazuello, ex-ministro da Saúde, para prestar seu depoimento, alegando possibilidade de estar contaminado pela Covid-19.

ASSEMBLEIAS

As assembleias Legislativas podem adiantar essa tarefa instalando CPIs para a investigação de possíveis irregularidades na aplicação dos recursos enviados pelo Governo federal para os estados utilizarem em ações relacionadas com a Covid-19.

FÁTIMA

No Rio Grande do Norte, a oposição se mobiliza para instalar uma CPI para investigar o governo Fátima Bezerra. O presidente Ezequiel Ferreira de Souza será peça fundamental para concretizar essa ideia ou abortar a Comissão, logo no início da discussão sobre o assunto.

SAÚDE

Por mais boa vontade que tenha a secretária da Saúde, Morgana Dantas, a prefeitura de Mossoró não está conseguindo apresentar bons resultados no atendimento médico à população. Tudo está pior do que no tempo da administração anterior.

COMIISSÃO

A Organização Mundial da Saúde oficializou o estado de pandemia da Covid-19 há mais de um ano, mas somente agora o governo federal criou o Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19. Foi bom. Pena que tantos tenham morrido antes.

LARISSA

A vereadora Larissa Rosado tem sido pressionada por conta de sua atuação em favor dos artistas de Mossoró. Chegou a ser ameaçada com retaliações pessoais caso não retirasse, na Câmara Municipal, seu projeto de apoio aos artistas de Mossoró. Larissa não se intimidou e irá em frente.

CRÉDITO

O presidente Bolsonaro assinou, na noite de ontem, Medida Provisória abrindo crédito extraordinário de R$ 5,5 bilhões para fabricação de vacinas anticovid 19, que deverão estar prontas no segundo semestre deste ano.