Notas da Redação

 

ALAGAMENTOS

Com as últimas chuvas caídas em Mossoró, algumas ruas estão ficando esburacadas e com alagamento em várias outras. Infelizmente, para o prefeito Allyson Bezerra, ele não tem como responsabilizar a ex-prefeita Rosalba por essas precipitações.

COLABORAÇÃO

Graças a uma ação da vereadora Larissa Rosado, a UFERSA e a UERN colocaram à disposição do Governo do Estado e Prefeitura de Mossoró aparelhagem, câmaras de refrigeração, que possibilitarão a armazenagem da vacina Oxford na cidade.

VACINAS

O entendimento chegou a tempo de receber a cota de Mossoró referente às 7.020 doses da vacina da Pfizer, o terceiro tipo de imunizante contra a Covid-19 disponibilizado para o Rio Grande do Norte.

SENADOR

O senador Jean Paul Prates bateu na mesa e avisou aos companheiros do PT. Sou candidato à reeleição. Só aceito disputar o Senado. Não me importa concorrer à Câmara dos Deputados.

HAROLDO

O empresário Haroldo Bezerra, mais ligado às áreas de construção e comunicação, articula-se para disputar uma cadeira ao Senado. Tem conversado com amigos, a capital do estado, e inicia programas de visitas aos principais municípios do Rio Grande do Norte.

COLIGAÇÃO

A governadora Fátima Bezerra discorda da posição de seu antigo suplente, hoje senador da República. Candidata à reeleição precisa do apoio de outros partidos para novamente o cargo. Seu candidato preferido ao Senado parece ser o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo, do PDT.

PROFESSORES

O prefeito Allyson Bezerra ainda não sancionou o projeto de lei que estabelece prioridade de vacinação para os professores. O prazo termina amanhã e poderá retornar à Câmara Municipal caso não seja sancionado.

PAZZUELO

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, garante estar com suspeita de Covid e não quer contaminar os senadores. Avisou que não poderia prestar depoimento na CPI, sugerindo fazê-lo de forma virtual, o que não deverá ser aceito pela CPI-Covid. BURLA

EXAME

Pazuello terá que apresentar exames que comprovem sua contaminação pela Covid-19 e, nesse caso, seu depoimento será assinado até que recebe alta médica. De outra forma, terá que comparecer ao Senado para seu testemunho.

BURLA

No primeiro dia de depoimentos na CPI da Covid 19 o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta chegou a pensar em decreto para modificar a bula da cloroquina para que tivesse indicação para tratamento do coronavírus.