Notas da Redação

PESQUISA

Em Natal, a situação da governadora Fátima Bezerra está longe de ser confortável, sobretudo em sua ação no combate ao Covid-19. De acordo com levantamento realizado pelo Blog do BG e o instituto Seta, 76% dos entrevistados desaprovaram o trabalho que vem sendo realizado pela gestão estadual. Recebeu aprovação de apenas 16% e outros 8% não soube ou não opinou.

PESQUISA

Por sua vez, a popularidade do presidente Jair Bolsonaro avançou em agosto e atingiu 37%. E, julho era 30%. É a maior proporção de pessoas que avaliam o governo como ótimo ou bom desde março de 2019.  A melhora na avaliação do presidente foi puxada pela população com renda mensal de até cinco salários mínimos, principal beneficiário do auxílio emergencial.

REELEIÇÃO

Com dados favoráveis, o presidente Bolsonaro encontra-se em plena campanha pela reeleição. No momento, decidiu investir no Nordeste, onde o auxílio emergencial está virando a opinião do eleitor, antes lulista de carteirinha. Bolsonaro está vendendo a imagem que os governadores são responsáveis pelas mais de 100 mil mortes pelo Covid-19, viajando muito e se apresentando como o grande salvador.

SAÚDE

O médico Petrônio Spinelli não é mais o secretário adjunto da Secretaria Estadual da Saúde. A enfermeira Maura Vanessa Silva Sobreira foi indicada para o cargo. O governo também nomeou nova subsecretária de Planejamento e Gestão da mesma secretaria.

DETRAN

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) retomou ontem, segunda-feira (17) o atendimento presencial para serviços de liberação de veículos apreendidos, provas teórica e prática direcionada à retirada e mudança na CNH. As unidades do Detran de Natal (sede e Natal Shopping) e Mossoró vão realizar apenas atendimentos agendados nas plataformas online.

MUTIRÃO

O Governo do Estado retomou o mutirão do Programa de Conservação das Estradas Estaduais 2020, iniciado no mês passado. A previsão é de que, até o final de novembro, o trabalho nas rodovias incluídas na programação esteja totalmente concluído.

VISITA

O avião presidencial, transportando o escalão precursor do presidente Jair Bolsonaro, pousou, ontem, no Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró. A visita do presidente está prevista para a sexta-feira 21. Os ministros Fábio Faria, Rogério Marinho e Tereza Cristina (Agricultura), confirmaram presença nessa viagem oficial.

ROBINSON

O ex-governador Robson Faria articula sua candidatura a deputada federal em 2022. Seu filho, deputado federal e ministro Fábio Faria, deverá concorrer ao mesmo cargo, mas pelo estado de São Paulo. Para isso, conta com o apoio decisivo do seu sogro, Silvio Santos.

PRESENÇA

Discussão extemporânea sobre a presença da governadora Fátima Bezerra ao desembarque do presidente Bolsonaro no Rio Grande do Norte, na próxima sexta-feira, 21. A regra manda que o presidente avise à governadora de sua visita oficial ao estado. Da mesma maneira, a governadora deve receber o presidente no aeroporto, ficando à vontade em acompanhar ou não a programação.

CALENDÁRIO

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou quatro resoluções que adequam as datas relacionadas ao processo eleitoral por conta do adiamento das eleições para novembro. Entre elas, o Calendário das Eleições Municipais de 2020. O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, lembrou que não haverá, nestas eleições, a identificação biométrica do eleitor.

DATAS

Algumas novas datas já estavam previstas na emenda, como a das convenções partidárias para deliberar sobre escolha de candidatos e coligações, que ocorreriam de 20 de julho a 5 de agosto e passaram para o período de 31 de agosto a 16 de setembro. Também já era previsto o prazo para o registro de candidaturas, que terminaria em 15 de agosto e foi transferido para 26 de setembro.

HETEROGENEIDADE

Na discussão sobre o adiamento das eleições por conta da pandemia do novo coronavírus discutiu-se o aspecto heterogêneo do país. Por exemplo, Minas Gerais divide-se em 853 municípios, São Paulo tem 645, mas Roraima só possui 15 e o Amapá 16.  Depois, SP capital possui 12,3 milhões de habitantes e RJ 6,8 milhões. Ao todo, 1.257 cidades têm menos de 3 mil, 2mil e 1 mil habitantes.