Notas da Redação 02.06.20

COVID-19
O RN tem 8.008 casos confirmados e 323 mortes pelo novo coronavírus. Os dados atualizados constam no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública desta segunda-feira (1º). Além disso, outras 69 mortes ainda estão em investigação para saber se foram provocadas pela doença.

ESTATÍSTICA
Na domingo (31) não houve boletim emitido pela pasta. No registro anterior, no sábado (30), o RN tinha 7.402 casos confirmados de Covid-19 – 606 a menos que os números atuais – e 305 óbitos (18 a menos).

CEMITÉRIOS

Foto Prefeitura de Natal 

 

 

 

 

 

Por conta dos óbitos provocados pelo Covid-19, os oito cemitérios públicos de Natal ficaram sem espaço para abertura de novas vagas para sepultamentos. Somente famílias que já possuem jazigos podem ser enterradas nesses locais.

TRAGÉDIA
O secretário de Saúde de Natal, George Antunes, classificou a situação do estado como uma “tragédia anunciada”, levando em conta o quadro atual e o pico da Covid-19 que deverá acontecer em torno do dia 15 de junho.

LOCKDOWN
A Associação de Juristas Potiguares pela Democracia e Cidadania ingressou ontem, segunda-feira, com ação civil pública pedindo que a Justiça decrete lockdown de pelo menos 15 dias na região metropolitana de Natal e Mossoró.

UNIÃO
A governadora Fátima Bezerra propôs um pacto pela vida aos prefeitos da 7ª região de saúde formada pelos municípios de Natal, Extremoz, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Parnamirim para que seja possível superar a pandemia.

ELEIÇÕES
Mesmo com a possibilidade de adiamento das eleições 2020, o Tribunal Superior Eleitoral recebeu, ontem, pouco mais de R$ 2 bilhões do Fundo Eleitoral para distribuição entre os partidos políticos.

VIDEOCONFERÊNCIA
Em sua primeira semana como presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luiz Roberto Barroso reuniu-se, por videoconferência, com os presidentes dos 27 Tribunais Regionais Eleitorais.

AUTORITARISMO
Para o deputado Rodrigo Maia, “vivemos uma pandemia que vai chegar a 30 mil mortos, a econômica derretendo, os resultados do primeiro trimestre muito baixos, a necessidade de gastos pela recessão por que vamos passar e, junto com isso, uma escalada de movimentos próximos do presidente muito autoritários, sempre no ataque a quem diverge, de quem contraria a posição do governo”.

STF

O gabinete do Ministro Alexandre de Moraes informa que, ao contrário do que vem sendo alegado falsamente, foi autorizado efetivo e integral conhecimento dos autos a todos os investigados no inquérito que apura “fake news”, ofensa e ameaças a integrantes do STF, ao Estado de Direito e a Democracia, com a obrigação da manutenção do sigilo das investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *