Na semana passada, Maia defendeu publicamente que se estabeleça uma quarentena de oito anos para que ex-juízes e ex-procuradores possam disputar eleições (Foto: Agência Brasil)

Moro certamente será candidato forte nas eleições de 2022’, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou, nesta quarta-feira (5), que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro será um nome forte para as eleições de 2022.

“Moro, se for candidato, e acho que ele está começando a se preparar para isso, certamente será um candidato forte nas eleições de 2022”, disse Maia em entrevista à rádio Banda B, de Curitiba.

Na semana passada, Maia e o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, defenderam publicamente que se estabeleça uma quarentena de oito anos para que ex-juízes e ex-procuradores possam disputar eleições.

Em entrevista no último programa Roda Viva, na segunda-feira (3), no entanto, Maia negou que a proposta de estabelecer uma quarentena tenha como objetivo atingir Moro.

Além disso, há uma discussão no Congresso de se criar uma lei que obrigue ex-juízes esperarem por seis anos antes de concorrerem a um cargo político, de autoria do deputado federal Fábio Trad (PSD-MS).

Apesar do debate na Casa, Maia também garante que a quarentena não tem o objetivo de tirar Moro de uma eventual disputa presidencial.

“Acho que ele tem toda a legitimidade, todo direito de ser candidato a presidente e não pode uma lei tirar dele esse direito. Uma coisa é quarentena para quem está em uma função do Estado, mas outra coisa é uma quarentena para quem já saiu, quer dizer, eu não quero disputar com o Moro então eu tiro o Moro do jogo”, afirmou.

Um dos casos que acendeu a discussão na Casa foi a proibição dada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) a um juiz do Maranhão de participar de debates com políticos na internet. Nas eleições de 2018, por exemplo, um dos destaque foi a presença de ex-magistrados que concorreram e foram eleitos.

Na manhã de hoje, durante entrevista, Maia citou outros nomes que também podem entrar fortes na disputa presidencial em 2022.

Segundo ele, estão Ciro Gomes (PDT), o ex- ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o apresentador Luciano Huck.

Yahoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *