Leitos de hospitais públicos para casos de Covid-19 estão 100% lotados em Natal

Por G1 RN


Hospitais estão com lotação máxima — Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

Hospitais estão com lotação máxima — Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

Os hospitais públicos em Natal estão com os leitos para casos de coronavírus 100% lotados. Os dados constam na plataforma Regula RN, que monitora em tempo real os leitos em todo o Rio Grande do Norte, e foram consultados às 15h desta quarta-feira (17).

Estão completamente ocupados o Hospital de Campanha de Natal, o Hospital Dr. Luiz Antônio (Liga), o Gilseda Trigueiro e o Hospital Municipal de Natal. Todas essas unidades atendem pacientes com casos de coronavírus na capital potiguar.

Hospitais do Rio Grande do Norte com maior taxa de ocupação dos leitos — Foto: Regula RN

Hospitais do Rio Grande do Norte com maior taxa de ocupação dos leitos — Foto: Regula RN

De acordo com o Regula RN, consultado às 15h, 68 pessoas em todo o Rio Grande do Norte aguardam na fila de regulação por um leito de UTI.

Pacientes na fila de regulação: os de prioridades 1 e 2 necessitam de internação em UTIs — Foto: Regula RN

Pacientes na fila de regulação: os de prioridades 1 e 2 necessitam de internação em UTIs — Foto: Regula RN

Além dos pacientes da cidade, Natal também recebe pacientes regulados de outros municípios, como Extremoz, Rio do Fogo, Canguaretama, São José de Mipibu, Macaíba, Ceará-Mirim, São Paulo do Potengi, Santa Cruz e Macau, segundo aponta o Regula RN.

Natal recebe pacientes regulados de outras cidades do estado — Foto: Regula RN

Natal recebe pacientes regulados de outras cidades do estado — Foto: Regula RN

Natal é a cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Rio Grande do Norte. O boletim de terça-feira (16) da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) registrava 5.804 casos na cidade, com 204 mortes.

A capital iniciou os testes rápidos por drive thru em pessoas acima de 60 anos nesta terça-feira (16) e 30,88% testaram positivo. Ao todo, 1.033 pessoas foram testadas e 319 deram resultado positivo para a Covid-19.