Heleno diz que governo ainda não teve tempo de cuidar da Amazônia e do Pantanal

O ministro-chefe do GSI, general Augusto Heleno - 11.mai.2020 - Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

O ministro-chefe do GSI, general Augusto HelenoImagem: 11.mai.2020 – Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

O ministro Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), afirmou que o governo Jair Bolsonaro, após 1 ano e nove meses de gestão, ainda “não teve tempo” para cuidar da Amazônia e do Pantanal. Os dois biomas sofrem com o aumento de queimadas desde o início do governo, o que gerou uma pressão internacional sobre o País. Heleno também disse que a floresta tropical amazônica suporta “maus tratos”. “Nós sabemos exatamente o que temos que fazer na Amazônia brasileira e no Pantanal, só que não houve tempo ainda de colocar em prática, de colocar gente para fazer isso”, disse Heleno, ao comentar cobranças estrangeiras para que o Brasil cuide melhor das matas nativas.

UOL