Galego do Jucuri adota personagem de mamulengo e faz sucesso com canal no Youtube

Líder comunitário da zona rural de Mossoró, apologista da poesia popular e também cordelista, Raimundo Lucas Bezerra, o Galego do Jucuri abraçou recentemente uma nova faceta cultural: mamulengueiro, bonequeiro, titereiro ou marionetista, como queiram. Em suma, artista que manipula bonecos, mamulengos, mas, o Galego gosta do termo: fantoche. Todos estão corretos. O que vale é a arte.

“Há muito tempo eu tinha essa paixão, mais nunca tive a oportunidade de colocar em prática por não acreditar que eu era capaz de confeccionar um fantoche, e quando eu inventei de fazer e vi que era possível, fiquei empolgado”, diz o artista que conta que recebeu ainda o incentivo de amigos, como de Nilson Silva, o “poeta do amor”, que juntamente com seu filho, Júnior, passaram a editar os vídeos feitos pelo Galego e postar em um canal do Youtube, o Canal do Josafá.

“O meu primeiro vídeo foi ‘A volta de Josafá de Portugal’, daí vi que a coisa era de verdade, uma paixão dosada com poesia e arte cultural.” Comenta.

Josafá é o primeiro boneco criado por Galego e se tornou o carro-chefe desta sua nova empreitada: “É um fantoche muito divertido, humorado, inteligente, alegre, falador e que gosta de dormir. O personagem surgiu logo após eu terminar de confeccionar e sair sorrindo com ele nas mãos dizendo que faltava só o nome. Minha esposa disse: ele tem cara de Josafá”.

Sobre incentivos, o mamulengueiro diz que ainda falta muito: “Eu vejo o incentivo a nossa cultura um pouco precário, mais isso nunca me fez desistir dos meus sonhos, pois o apoio e incentivo dos meus amigos poetas e familiares tem sido de fundamental importância”.

 

Acompanhe o Canal de Josafá no link abaixo:

https://www.youtube.com/channel/UChrbtTUWzvEueYaLxskb0FA