DOUTOR MALTEZ FERNANDES – O MÉDICO DO POVO – Wilson Bezerra

Por mais que oportuno no momento, falar um pouco sobre uma pessoa que conviveu em Mossoró, natural de Caraúbas, por sinal conterrâneo de Raibrito, o arquivista de nossa história, Sebastião Maltês Fernandes, médico ginecologista de renome na cidade e em todo o Rio Grande do Norte, político reconhecido e aceito por todos, correligionários ou não, o tinham como um homem de bem.

Doutor Maltez Fernandes na genecologia, preferido por ser eficiente profissional, sempre foi merecedor da estima de todos os mossoorenses, em parceria com outros médicos, doutores Leodécio Fernandes Néo, ortopedista, José de Anchieta Fernandes, médico ginecologista, idealizaram, construíram e mantiveram a Casa de Saúde Santa Luzia, uma obra que existe até os dias de hoje, com relevantes serviços prestados à saúde em Mossoró e toda região do Estado.

Ele atuou ao tempo em que era feito atendimento em domicílio. Pegava sua Rural Wills, ia até o paciente e ali fazia a consulta. Se o paciente tivesse condições pagava, se não, já estava pago, pois era de seu feitio fazer caridade sem olhar a quem, tanto assim que não acumulou riquezas. Possuía apenas uma propriedade rural em Caraúbas, sua terra natal, chamada de Fazenda Guanabara, uma Rural Wills que servia, entre outras coisas, para fazer suas consultas em domicílio, e uma casa residencial na Rua Francisco Isódio, ao lado da Igreja de São Vicente, onde viveu até a morte, com sua família.

Doutor Maltez Fernandes foi desportista, ocupou por longos anos o cargo de presidente da Junta de Conciliação e Julgamento da Liga Desportiva Mossoroense, cargo que ocupava no julgamento de ações penais dos jogadores infratores, por sinal fui seu secretário nessa missão por longos tempos e via e ouvia o julgamento do povo quanto ao seu pronunciamento em tais penas aplicadas, em tal razão ninguém o condenava pelo julgamento.

Mesmo sendo médico e político, o doutor Maltez Fernandes não constituiu inimizades. Correligionários ou não lhe dedicavam sincera amizade e respeito, um legado que ele deixou aos mossoroenses e caraubenses, que o tiveram como filho paterno e adotivo.

Um exemplo de senhor, doutor Sebastião Maltez Fernandes, que o assino, subscrevo e dou fé.