Covid19: RN tem 123 novos casos confirmados nas últimas 24 horas

Sandro Menezes / ASSECOM-RN

Os números da Covid-19 em todo o Rio Grande do Norte nesta terça-feira, 09, de acordo com os registros da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), é 11.011 casos confirmados (mais 123 em relação a ontem), 23.092 suspeitos, 19.576 descartados, 459 óbitos confirmados (5 nas últimas 24 horas, 23 em dias anteriores) e 104 óbitos em investigação.

A taxa de isolamento é de 49,58 % (ontem foi de 49,6%), ainda muito baixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que é entre 60 e 70% para permitir o controle mais efetivo da pandemia. E há 664 pessoas internadas em hospitais das redes pública e privada – 340 em leitos críticos e 324 em leitos clínicos.

Ao apresentar os números de hoje, o responsável técnico pelo Núcleo de Estratégia de Saúde da Família na Sesap, Hugo Cesar Novais disse que os números de casos Covid de hoje são reflexo do baixo isolamento social dos últimos 15 dias. De acordo com o comportamento apresentado pela pandemia, também é pertinente afirmar que o baixo isolamento atual terá reflexo nas ocorrências de casos nos próximos 15 dias devido ao período de incubação do vírus na pessoa infectada antes da apresentação dos sintomas.

A articuladora e coordenadora de Redes de Atenção da Sesap, Samara Pereira Dantas, informou que todas as oito regionais de saúde do RN estão sendo visitadas pelas equipes técnicas da secretaria e que a expansão de leitos considera a curva epidemiológica e as necessidades regionais. A interiorização de leitos contempla leitos críticos, clínicos e de estabilização em cooperação com os municípios para fortalecer também a atenção primária à saúde.

Ela ressaltou a necessidade de todos manterem o isolamento, o distanciamento social e a higiene. “É preciso a cooperação de todos para fortalecer o Pacto em Defesa da Vida. Baixa taxa de isolamento reflete diretamente no número de contaminados e internações”, reforçou.

HOSPITAL SANTA CATARINA

Nesta segunda-feira, 08, o Governo do Estado definiu a regulação de acesso ao Hospital Dr. José Pedro Bezerra, mais conhecido por Hospital Santa Catarina na Zona Norte de Natal. O diretor Jacques Fiuza Campos explicou que a regulação dá mais qualidade aos serviços e que aquela unidade funciona como Hospital geral e maternidade com três portas de acesso – urgências clínica, obstétrica e cirúrgica.

Mesmo não sendo Hospital geral de Covid, é referência em obstetrícia, o Santa Catarina hoje tem internadas seis pacientes, entre gestantes e puérperas, suspeitas ou confirmadas com o novo coronavírus em leitos clínicos, além de quatro recém-nascidos suspeitos na UTI neonatal, 7 pacientes com perfil adulto geral em leito clínico e um em UTI.

De acordo com Jacques Fiuza, a regulagem de acesso ao Santa Catarina define o perfil de atendimento de pronto socorro adulto em urgências nos casos de cardiologia, gastrologia e sepse grave. A unidade atende a Zona Norte de Natal e os municípios de Macaíba, Extremoz e São Gonçalo do Amarante. O Hospital também recebe pacientes graves para cirurgias, traumas abdominais, ferimentos por armas de fogo e branca.