COVID-19: Isolamento no RN cai drasticamente entre julho e outubro

Outubro registrou 491 mil pessoas isoladas no estado

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Covid-19 o estado do Rio Grande do Norte registrou uma queda de 51% na taxa de pessoas rigorosamente isoladas entre os meses de julho e outubro. A pesquisa foi divulgada nesta terça-feira, 01, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento destaca ainda que no estado, 193 mil pessoas não reduziram contato pessoal em virtude do Covid-19 durante outubro e 41 mil não tomaram medidas a fim de reduzir a interação com os demais. O crescimento desse quesito foi de 370% nos 3 meses. De acordo com o IBGE, a tendência é regional e nacional visto que no Brasil, em julho, 4,1 milhões de pessoas não restringiram contatos e em outubro o número subiu para 9,7 milhões.

Outro aspecto apontado foi os empréstimos que cresceram 10% por mês durante a pandemia, em 76 mil domicílios potiguares algum financiamento foi realizado. Também segue a tendência nacional, que registrou aumento de 11% por mês, com 5,2 milhões de domicílios fazendo empréstimos.

Segundo o IBGE, o RN testou 419 mil pessoas e diante do avanço de casos no estado, faz-se necessário que a população potiguar retome o isolamento e utilize as medidas preventivas a fim de reverter o preocupante quadro de contaminação.