Bolsonaro anuncia salário mínimo de R$ 1.100 em 2021

De acordo com o INPC, não há aumento real

Nesta quinta-feira (31), o governo federal publicou no ‘’Diário Oficial da União’’ a medida provisória (MP) que elevará o salário mínimo para R$ 1.100 a partir de 1º de janeiro de 2021. Atualmente, o valor é de R$ 1.045.

“O valor de R$ 1.100,00 se refere ao salário mínimo nacional. O valor é aplicável a todos os trabalhadores, do setor público e privado, e também para as aposentadorias e pensões”, afirmou Bolsonaro.

Para este reajuste, o governo utilizou uma previsão de alta de 5,22% para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que serve como base para a correção anual do salário mínimo. Desta forma, não haverá aumento real no salário mínimo em 2021.

Em 15 de dezembro, o Congresso Nacional aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, onde ficava prevista a fixação do salário mínimo em R$ 1.088. Nesta proposta aprovada pelos parlamentares, também não houve aumento real no salário, apenas a correção com base na previsão da inflação acumulada no ano, segundo o INPC.