ENTREVISTA – Bia Gurgel

Beatriz Gurgel – Bia Gurgel –  nasceu em Natal, mas com poucos dias veio para Mossoró. Filha da cantora e produtora cultural Katharina Gurgel e do engenheiro Fabrizio Almeida, desde criança teve a arte e a cultura inserida na sua vida.

Bisneta de Glorinha Oliveira, maior cantora do estado do Rio Grande do Norte, pelo lado paterno e de Deífilo Gurgel, poeta, escritor e folclorista referência no estado, Bia sempre teve na música um berço, onde acalentou todos os momentos da sua vida. Eclética, vai desde a Bossa ao pagode, do internacional a MPB, sempre marcando a música com seu estilo início e sua voz rasgada e forte.

Aos 9 anos ficou em terceiro lugar no concurso “A Mais Bela Voz Kids”, em Mossoró e participou de vários espetáculos teatrais e de dança em Mossoró como Oratório de Santa Luzia, Natalis. Bia está agora como uma das participantes ao programa The Voice Kids, da Rede Globo onde encantou todos os jurados e escolheu o baiano Carlinhos Brown como seu técnico. Vamos conhecer um pouco mais da nossa pequena notável.

O Mossoroense: Quais são as suas influências musicais?

Bia Gurgel: Com certeza, em primeiro lugar, vem Elis Regina. Eu amo o jeito que ela passa a emoção da música só pelo olhar. Minha mãe também é uma grande inspiração pra mim!

 

OM: Em sendo neta de Glorinha Oliveira, um ícone da música potiguar, e Filha de Katharina Gurgel, uma cantora também de grande reconhecimento no Estado, que peso isto traz a você neste momento?

BG: Pelo fato de eu vir de uma família com essa passagem na música, já pesa muito, e faz muita diferença, pois eu já tenho essa convivência natural com a música, e tenho certeza que se eu não tivesse vindo de uma família assim, eu não seria 1% de como sou hoje.

 

OM: Como tem sido este momento de “fama”?

BG: Tem sido engraçado, intenso e divertido. É muito diferente estar do outro lado da história agora. Saí do lado de fã. Está sendo muito bom essa nova experiência na minha vida, estou amando.

 

OM: Como foi o contato com artistas renomados?

BG: EU ESTAVA TREMENDOOO. Eles são muito simpáticos, e muito especiais! Mas encarei com muita maturidade. Conversei com eles olhando nos seus olhos. Adorei.

 

OM: Porque a escolha por Carlinhos Brow como técnico?

BG: Eu acho ele um artista incrível, instrumentista, músico, cantor, produtor musical, compositor. Eu e minha família sempre nos identificamos muito com ele, acabou que ele conquistou meu coração.

 

OM: Já tem em mente que música poderá ser a próxima a ser cantada no The Voice Kids?

BG: Na próxima etapa, quem escolhe a música é o técnico e o produtor, e infelizmente eu não posso falar qual foi a escolhida… kkkk

 

OM: Você tem acompanhado as demais etapas? Que nomes você destacaria como grande adversária, ou adversário?

BG: Na verdade isso é muito difícil de ser dito. Não sabemos quais os critérios dos técnicos nas suas escolhas. Impressionante como esse ano o The Voice Brasil Kids está cheio de talentos. Tem tanta gente boa e talentosa que eu nem saberia dizer.

 

OM: Caso venha a ganhar, o que mudará na sua vida?

BG: Eu acho que do futuro eu não posso falar muito, mas com certeza mudaria muito a minha carreira.

 

OM: Se não conseguir ser a primeira colocada, você está preparada para isto também?

BG: Claro que sim, minha família sempre me preparou caso isso aconteça. E eu sei que o The Voice está sendo uma baita de uma oportunidade pra mim, e que isso só está me abrindo portas, então caso isso aconteça eu não tenho do que reclamar!

 

OM: Que conselhos você deixa pra meninas e meninos de sua idade que sonham com o universo da música?

BG: Eu digo que se você tem um sonho de ser cantor(a), CORRA atrás dele! Você consegue! tente, se cair, levante e tente outra vez!