Ajuste temeroso

A Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República encaminhou ao Tribunal de Contas da União (TCU) os Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para as próximas concessões de aeroportos previstas pelo governo, que devem gerar investimentos de R$ 7,1 bilhões. Estão incluídos nesse pacote os aeroportos Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA), Hercílio Luz, em Florianópolis (SC), e Pinto Martins, em Fortaleza (CE). Esta última, por sinal, poderá render um grande prejuízo do Rio Grande do Norte. Especula-se nos bastidores que este “ajuste” poderá ser a “pá de cal” para definir a instalação do hub da Latam na capital cearense. Caso se confirme, Natal ficará a ver navios com relação ao investimento.

Extra
Foi definido o valor que será repassado à Prefeitura de Mossoró a partir da antecipação dos royalties do petróleo. A ANP definiu que o município receberá R$ 34 milhões. O valor deverá ser depositado na conta da prefeitura no decorrer do mês de janeiro. Fôlego importante para um ano eleitoral.

Direcionamento
O prefeito já adiantou que deverá direcionar parte dos recursos para pagar o salário de servidores terceirizados, uma das principais dores de cabeça da sua gestão no momento. A obra de duplicação da BR-110, trecho que compreende a rua Francisco Mota, deverá receber recursos da antecipação.

Descartado?
Caso não ocorra mais nenhuma mudança estes deverão ser os principais destinos do recurso “extra”. A construção do Santuário de Santa Luzia, obra que já foi tida como prioritária para recebimento dos recursos parece ter saído definitivamente da pauta do prefeito Francisco José Jr.

Susto
Um grande susto surpreendeu o País na tarde de ontem. Um incêndio de grandes proporções na Estação da Luz destruiu o Museu da Língua Portuguesa e com ele, o acervo de uma mostra temática com o folclorista Câmara Cascudo. Como o acervo original encontra-se em Natal e o acervo do museu é praticamente 100% digital, ficará apenas o susto e o prejuízo material.

Ceia
O Natal é uma época corrida e as famílias precisam se preocupar com uma série de detalhes. Em Mossoró o Hotel Thermas oferecerá duas opções para ceia natalina. As famílias poderão escolher entre o restaurante Pinga Fogo e o salão Thermas. No Pinga Fogo o sistema é por quilo e o cardápio é o tradicional do restaurante.

Opções
Quem optar pelo salão Thermas terá à disposição buffet especial do restaurante Pinga Fogo e o consumo é livre incluindo água a e refrigerante. No salão Thermas crianças de 0 a 7 anos não pagam, já as de 8 a 12 anos têm desconto de 50% no valor da ceia.

Réveillon
E após o Natal o hotel concentrará suas atenções para mais um grande réveillon. Este ano a festa será realizada na “Arena Thermas”, com decoração especial feita pela Master e uma superestrutura com buffet e open bar com whisky 12 anos, espumante, vodka importada e cerveja e show pirotécnico.