sábado , 19 de outubro de 2019
Home / Destaques / Tu es a poesia

Tu es a poesia

“Agora só resta

Tornares-te

O poema”

(A papoila e o Monge)

 

Bom dia e um santo domingo para si que nos acompanha, depois de um dia histórico para a Igreja Católica em Portugal.

Comecei esta crónica com o poema que a minha mulher partilhou, quando ouvimos o anúncio do Consistório deste sábado. O cardeal José Tolentino Mendonça tem, com a sua obra, alimentado muito da nossa reflexão e ontem, indiretamente, entrou na história familiar: foi a primeira vez que perdi o aniversário de uma das minhas filhas. A família perdoa-lhe.

Quando o Papa Francisco disse ao novo cardeal português “Tu és a poesia”, mostrou entender muito bem que conselheiro tinha escolhido. Há muitas fotos e reportagem da ECCLESIA no Vaticano no nosso site e nas redes sociais, sobre este consistório, e eu penso que vai gostar de ver. Hoje, continuamos o nosso trabalho acompanhando o início da assembleia especial do Sínodo para a Amazónia.

 

Uma última nota pessoal, de quem já votou no último domingo: não fique em branco, vote em consciência. A indiferença, de que o Papa tanto se queixa, pode ser combatida também com a ida às urnas.

Despeço-me com votos de boas notícias, sempre.

Octávio Carmo