domingo , 16 de junho de 2019
Home / Opinião / Toque Esportivo / Toque Esportivo – América em queda livre.

Toque Esportivo – América em queda livre.

Uns dizem, a culpa é da diretoria, já outros aparecem falando que o treinador não correspondeu e, por fim, também tem a turma que fala da fragilidade do elenco. Bom, como podemos observar, motivos e culpados são muitos, porém, como e o que fazer para sair desta situação? Estamos a comentar o rebaixamento, mais um, do América-RN que um dia já foi da Série A, teve passagem pela Série B, demorou pouco na Série C e, na próxima temporada vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, a quarta divisão. O momento é para buscar alternativa e não ficar preso apenas no ato de apontar culpados, pois essa missão é a mais fácil. O tempo é curto até a próxima temporada e os prejuízos só tendem a aumentar se continuarem alimentando essa postura. O que o clube precisa agora é de um norte, reencontrar seu rumo no caminho dos bons resultados, de jogo e campeonatos.

EXEMPLOS DE INDEPENDÊNCIA

Setembro, o chamado “mês da pátria” para brasileiros e brasileiras que festejam no dia 7 a sua libertação, teve ou vem tendo uma comemoração especial em 2016. Por força do destino, a data comemorativa dividiu atenções recentes com a abertura dos Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro, dando uma dimensão maior ao feriado nacional. Dito isso, destaco como exemplo de independência e digno de todas as homenagens e reconhecimentos, os atletas amputados, deficientes visuais, seja qual for a deficiência, eles nos dão grandes exemplos de superação. É mais uma prova da força do esporte, da sua importância na nossa vida e, muitas vezes, os ditos normais, não conseguem enxergar, ou simplesmente não querem. Parabéns para todos os atletas paralímpicos, vocês realmente são grandes exemplos de independência.

DECISÃO

Faltam mais de dez rodadas para conhecermos o campeão brasileiro de 2016 e, as equipes classificadas para a Copa Libertadores das Américas, porém, o período já é de decisão. Digo isso baseado, principalmente, no bom jogo tático que mostraram Palmeiras e Flamengo no meio de semana, principalmente o clube carioca. Faço a reserva pelo fato do rubro-negro ter jogado, praticamente o tempo todo, com 10 jogadores, já que teve um expulso logo nos 45 minutos iniciais da peleja. Mas, no geral, a competição segue indefinida. Boa temporada.

QUARTAS

O ABC já entrou em campo classificado na última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Após o empate em, 2 a 2, com o ASA-AL, definiu seu adversário nas quartas de final da competição. O alvinegro vai pegar o Botafogo de São Paulo, enquanto o ASA, também classificado, joga contra o Guarani. A definição dos finalistas será em jogos de ida e volta, com o primeiro jogo acontecendo no Estádio Santa Cruz no interior paulista e, a partida final, no Frasqueirão em Natal.

DIFERENTE

Mais uma atitude diferente do treinador Tite, no comando da seleção brasileira. Ele é visto além dos dias dos jogos ou amistosos da equipe, ou seja, com frequência é focalizado assistindo jogos do Campeonato Brasileiro, coisa que, infelizmente, não fazia seu antecessor. Eu não lembro, pois era acontecimento raro. E mais, ele tem que procurar mesmo é no Brasil, pois lá fora já sabe com quem pode contar. Esse é o jeito certo e dirigir a seleção.

SÉRIE A

A disputa continua, se fosse uma corrida de cavalo, cabeça a cabeça, pela liderança do Campeonato Brasileiro da Série A entre Palmeiras e Flamengo. Apenas um ponto segue fazendo a diferença entre os dois para definir quem sague na frente. A cada rodada fica a expectativa se um deles irá ou não tropeçar. Isso deixa a reta final do brasileirão bem emocionante com a dupla sabendo que ainda correm risco de ficar para trás, já que a distância para os demais concorrentes não lhes favorece qualquer conforto. Boa temporada nacional.

HANDEBOL

A turma do handebol tenta reagir e não deixar a modalidade desaparecer do cenário mossoroense. Promove alguns encontros para discutir a modalidade e, lembram da etapa estadual que será disputada em quadras de Mossoró. De nossa parte, como sempre, o espaço continua aberto para divulgar e, até cobrar, quando as competições, por exemplo, Jogos Escolares de Mossoró, deixam de ser realizados sem nenhuma explicação.

NO ranking da Fifa o Brasil agora é o 4º colocado. Subiu cinco posições.

ENQUANTO o Santos retorna ao G4, o Grêmio segue em queda livre.

NA coluna anterior citamos que a pressão era para derrubar o treinador Cristovão do Corinthians. Confirmado, caiu.

ENQUANTO isso, no “país de Mossoró” Potiguar e Baraúnas ainda lutam para quitar dívidas da temporada.