quarta-feira , 7 de dezembro de 2016
Home / Opinião / Toque Esportivo / Sérgio Oliveira

Sérgio Oliveira

Olha, uma coisa é certa, se vai vencer não sei, mas o novo treinador do ABC já conseguiu algo diferente dos demais, despertar o interesse pelo time. Numa línguagem bem atual, eu diria que ele “agitou geral”. Mexeu com jogadores nos treinos, trabalhando de forma lúdica ao criar prendas, uma espécie de “castigo” para aqueles que cometessem algum erro de jogada e, com o mistério em torno do time, despertou a atenção do noticiário, que andava frio, quando se falava do clube. Antes, o que é fato, comentava-se apenas a contagem dos jogos sem vencer e a ameaça do rebaixamento, mas agora, volta-se a noticiar a possibilidade de vitória, mesmo jogando fora de casa e a saída da zona de degola. Tudo fruto da nova forma de trabalhar. Então, no aspecto motivação, pontos para o treinador Sérgio China, embora o desejo mesmo de todos, seja pela manutenção do time na Série B do Campeonato Estadual.

CONFUSÃO

A confusão é grande entre o Santos e seu ex-jogador Neymar. No meio de tudo, dinheiro. O clube paulista cobra sua parte na transferência milionária e cheia de denúncias do atacante para o Barcelona. Na Espanha, a Justiça segue investigando e descobrindo desvios. No Brasil, pelo visto, também deram uma rasteira financeira no “Peixe”.

PRELIMINAR
Infelizmente a questão financeira pesa, mas se pudessem dentro das exigências de valorizar as divisões de base, voltar as partidas preliminares com times sub-20, no Campeonato Estadual, seria ótimo. Lembro quando isso acontecia em uma temporada e, no ano seguinte, parte daqueles jogadores já estavam prontos para servir ao time principal. Como disse lá no começo, a questão financeira pesa.

FOLGA
Com seus concorrentes mais próximos pisando na bola, o time do Corinthians segue absoluto, firme e forme rumo ao título da temporada. Vez ou outra surgem ameaças, mas pelo caminhar, é difícil um resultado diferente das previsões, ou seja, o time paulista campeão da Série A em 2015.

OPÇÃO
O provável campeão da temporada 2015 de Fórmula 1, inglês Lewis Hamilton, já fez sua opção para quando deixar de pilotar os velozes carrinhos. Não vai se afastar do circo, pelo contrário, aproveitará sua experiência para desenhar pistas de corrida. Certamente, se tiver liberdade de expressão, vai ter condições de traçar curvas e retas mais seguras.

OS DOIS PRESIDENTES

Primeiro foi o Potiguar que elegeu Benjamim Machado seu novo presidente, agora o Baraúnas fechou a semana também com a situação resolvida ao definir o nome de Josirene Ribeiro para ocupar o cargo maior do clube. Isso posto, é hora de começar a mostrar serviço e, no mínimo, pensar o time que disputará a temporada 2016.
Agora é olhar para frente, inclusive tomando como base as decisões já tomadas, também na semana que termina, em relação ao próximo Campeonato Estadual. Por exemplo, olhar o trabalho de base, diante da nova exigência de ter relacionados para os jogos cinco jogadores com idade, no máximo, de 22 anos. A data de 24 de janeiro, previsão para começar o campeonato, já se aproxima.

BASES

Uma decisão interessante que causou polêmica na reunião da Federação Norte-rio-grandense de Futebol diz respeito a exigência de jogadores das divisões de base no elenco. E mais, cinco deles, com idade máxima de 22 anos, terão que constar na relação de cada jogo. É chato por ser imposição, obrigação, mas como de forma espontânea não se investe na base, quem sabe assim voltemos a revelar mais jogadores.

GRÊMIO também se isola. É o segundo colocado com folga na Série A.
EM casa, Vasco empatou com a Chapecoense e volta a ficar distante de sair do rebaixamento.
GINÁSIO Pedro Ciarlini vira pousada. E não avisaram aos usuários e funcionários que foram barrados.
ISSO é desvio de função e, pouca organização. Lamentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com