domingo , 24 de setembro de 2017
Home / Opinião / Reflexões Teológicas / Ricardo Alfredo – Reflexões Teológicas

Ricardo Alfredo – Reflexões Teológicas

A GRANDEZA DE DEUS E A SUA GRAÇA
A revelação de Deus a humanidade e o despertar do homem para a existência de um criador, com a grandeza e com cavalheirismo de amor pela individualidade do ser, chama-se graça. A qual é Maravilhosa, incomparável, e conferida livremente a todo o que nEle crer.
Ao estudamos a Septuaginta, que é uma remota tradução das Escrituras, referente ao Antigo Testamento para o idioma grego, encontramos o mesmo termo grego graça traduzido por charis que na sua raiz significa “graça ou favor imerecido”.
Já nas sagradas Escrituras dos hebreus não possível encontramos o termo graça em hebraico. Porém, outros termos são traduzidos na Septuaginta com: charis são chanan ou chen, que em tradução livre significa “graça”, “favor” ou “misericórdia”. Charis é utilizado nas principais passagem bíblicas para mostrar a manifestação do amor ao próximo, como mostra os versos bíblicos a afirmar: (1) mostrar misericórdia para com o pobre (Pv 14.31); (2) proporcionar misericórdia àqueles que invocam a Deus em tempo de angústia (Sl 4.1; 6.2; 31.9); (3) demonstrar favor a Israel no Egito (Êx 3.21; 11.3; 12.36); e (4) conceder (Deus) Sua graça a determinadas pessoas, tais como Noé (Gn 6.8), José (Gn 39.21), Moisés (Êx 33.12,17), e Gideão (Jz 6.17). Além disso, a graça de Deus será derramada sobre a nação de Israel no tempo da sua salvação (Zc 12.10).
Então, a sua graça unisse a sua grandeza com retrata o profeta Isaias, ao reproduzir o som da voz de Deus ao dizer: “A quem, pois, Me comparareis para que Eu lhe seja igual? — diz o Santo. Levantai ao alto os olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que faz sair o Seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais Ele chama pelo nome; por ser Ele grande em força e forte em poder, nem uma só vem a faltar.” (Isaías 40.25,26)
Em nossos dias a ciência chegou à conclusão de que o olhar humano-mecânico só é possível perceber 3 mil estrelas, todavia, a própria ciência afirma que em nossa galáxia há 100 bilhões delas. Por outro lado, estudos recente apresentam um universo com 100 bilhões de galáxias. Um verdadeiro exército infindável de estrelas.
Diz a bíblia: “Conta o número das estrelas, chamando-as todas pelo seu nome.” (Salmo 147.4)
“Quando contemplo os Teus céus, obra dos Teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, que dele Te lembres? E o filho do homem, que o visites?” (Salmo 8.3,4)
O cavalheirismo de Deus é grande em glória, é grande em poder, é grande em… Misericórdia, Perdão, Amor, Justiça, Benignidade, Sabedoria… Deus é tão grande que a Palavra de Deus diz que o céu é o seu trono, e a terra o estrado dos seus pés.
A verdadeira religião não é seguir as vazias formas de adoração nem a mera bondade para com os próprios vizinhos. A verdadeira religião começa e termina com o conhecimento de Deus. A verdadeira religião é a vida profundamente moldada pela reverência ao grande e glorioso Deus do céu. Que possamos conhecê-lo e temê-lo!
“Teus, ó SENHOR, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó SENHOR, é o reino; tu estás acima de tudo. A riqueza e a honra vêm de ti; tu dominas sobre todas as coisas. Nas tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos” (1Cr 29:11-12).
O desejo humano é ser reconhecido e amado. E o desejo de ter, de ser reconhecido como alguém que fez o bem a humanidade. Alguém que lançou calor ao desabrigado, que proclamou a justiça, que caminho pelo vereda da paz e anunciou novo tempo ao seu pares.
Todavia quando nos tornamos humanos na essência da palavra, nos tornamos serenos, capazes compreender o alcance da eternidade. Então todas as outras coisas, são apenas coisas, que fica na etapa chamada vida material.
Quando olhamos para o criador (Deus), e sua criação, percebemos que este caminho é apenas uma passagem que ecoa na eternidade, e as decisões que tomamos indica onde chegaremos. Não de vemos esquecer! SIC TRANSIT GLORIA MUNDI. A glória do mundo é transitória
A grandeza de Deus e o amor de Cristo, nos ensina a viver em sociedade com dignidade, e deste amor surge o direito de:
1. O direito A Dignidade da vida humana
O direito á vida é garantido (Ex 20.13).
2. O direito a Dignidade da mulher
Apesar do papel submisso da mulher na sociedade, a lei lhe conferia direitos fundamentais (ex. 21.7-10).
3. O direito a Dignidade da pessoa humana
A ninguém era facultado o direito de maltratar, explorar ou oprimir o seu próximo, pois a fraternidade era o ideal da lei divina. (Lv 19.13-17).
4. O direito a Propriedade e herança
A lei garantia o direito á propriedade e a transmissão desta como herança aos descentes legais (Lv 25; Ex 20.15; Ex 21.33-36; 22.1-15).
5. Castigo proporcional a falta
O castigo imputado ao réu não podia ser excessivo, para que este não viesse a se sentir aviltado (Dt 25. 1-5).
6. Direito trabalhista
Todos tinham direito a receber justa remuneração pelo trabalho executado (Lv 19.13).
7. Direito de proteção aos desamparados
Havia provisão necessária para se assistir o órfão, viúva, o estrangeiro e o que havia caído na miséria (Lv 19.10; 23.22).
8. O direito ao descanso
Todos deviam observar, semanalmente, um dia de repouso (Ex 23.12).
9. Direito a proteção dos recursos naturais
Os recursos naturais eram protegidos, sendo designada á terra um descanso especifico, chamado de cultura rotativa. (Ex 23.12).
10. O direito a família e o matrimônio
Os mandamentos, como um todo, protegiam os vínculos familiares, e mantinham inviolável o recesso do matrimônio (Ex 20.12; Dt 5.18; 20.10-22).
Portanto meus queridos e amados irmãos em Cristo, sedes firmes e constantes na esperança de Cristo e do seu amor eternal.

ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ LANÇA

Sem-Título-1ghg

CANÇÕES QUE SE ETERNIZARAM
QUÃO GRANDE ÉS TU (Harpa Cristã)
Senhor meu Deus, quando eu maravilhado,
Fico a pensar nas obras, das tuas mãos,
O céu azul de estrelas pontilhado,
O teu poder mostrando a criação,

Então minha alma canta a ti, senhor,
Quão grande és tu,
Então minha alma canta a ti, senhor,
Quão grande és tu,

Quando a vagar nas matas e florestas,
O passaredo alegre ouço a cantar
Olhando os montes, vales e campinas,
Em tudo vejo teu poder sem parar,

Então minha alma canta a ti, senhor,
Quão grande és tu,
Então minha alma canta a ti, senhor,
Quão grande és tu,

Quando eu medido em teu amor, tão grande,
Teu filho dando ao mundo pra salvar,
Na cruz vertendo o seu precioso sangue,
A minha pode assim purificar…

Ciência comprova que vida começa com o surgimento de luz
“E disse Deus: Haja luz; e houve luz.”
A cada dia e a cada nova pesquisa é possível percebemos a mão do criador em tudo. Desta vez, Um fenômeno observado anteriormente em animais agora é visto durante a concepção humana. No momento da fecundação de um óvulo por um espermatozoide, emana um “flash de luz”.
Em 2011, pesquisadores da Northwestern University, de Chicago, descobriram que na concepção dos camundongos surgiam ‘faíscas’, produzidas pelo zinco. Em 2014 eles conseguiram filmar o momento em que essa luz emana no zigoto de um mamífero.
Com a utilização de um novo sensor de fluorescência, capaz de acompanhar os movimentos do zinco no espermatozoide, o computador detectou cerca de 8.000 compartimentos de zinco.
Cada um deles contém cerca de 1 milhão de átomos, prontos para ‘explodir’ quando ocorre um súbito aumento de cálcio, resultado da inserção do espermatozoide no óvulo. Quando o zinco é solto, prende-se a pequenas moléculas que emitem uma fluorescência que é visível.
Esse resultado, que se parece com um minúsculo espetáculo de ‘fogos de artifício’ ocorre numa fração de segundo. Mas a equipe conseguiu filmar o ocorrido com câmeras microscópicas, durante uma inseminação feita em laboratório.
A intensidade desse brilho, segundo os cientistas, pode determinar a “saúde” do óvulo. Teresa Woodruff, uma das líderes do estudo afirma que “toda a biologia começa no momento da fecundação, ainda assim não sabemos quase nada sobre os eventos que acontecem na fecundação humana”.
A notícia chamou atenção de vários sites cristãos por dois motivos. Primeiramente por ser mais um elemento na luta contra o aborto, mostrando que a vida dentro de um óvulo não começa apenas depois de um determinado número de semanas.
Além disso, para pastores como Jason Soroski, a ligação do início da vida com a luz é uma imagem usada pelas Escrituras mais de uma vez. Além de mencionar Gênesis 1:3, onde Deus marca o início da criação com o surgimento da luz, ele cita Efésios 5:8, que fala sobre o nascimento espiritual de um ser humano “noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz”. (Fonte: Cross Walk e Telegraph notícias.gospelprime.com.br)
.
JUDEUS VOLTAM A FAZER SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS APÓS 2000 ANOS
“Ensaio profético” da Páscoa contou com a presença de 400 pessoas
O Templo judeu foi totalmente destruído pelo exército romano no ano 70. Desde então, os judeus cessaram os sacrifícios de animais. Embora a tradição continue entre os samaritanos, o sangue é derramado no monte Gerizim e não segue estritamente a tradição bíblica.
Em 2016, pela primeira vez em quase dois milênios, cordeiros de um ano foram sacrificados ao ar livre por homens que reúnem as condições de serem os novos levitas e sacerdotes.
Ainda que o Terceiro Templo não esteja de pé, os membros do Instituto do Templo conseguiram reunir cerca de 400 convidados para uma “cerimônia modelo”, no alto do Monte das Oliveiras. Entre os convidados estavam líderes políticos e religiosos, que expressaram sua esperança que as mesquitas em breve sejam removidas do alto do Monte do Templo.
O político Arieh King afirmou esperar que Jerusalém logo esteja livre do que ele chamou de “abominação”. Ao mesmo tempo, o rabino Yisrael Ariel, um dos líderes do Instituto do Templo explica que o evento foi uma “preparação” para quando o monte Moriá for “limpo e consagrado” e o templo, reconstruído.
A cerimônia realizada na segunda (18) seguiu vários rituais antigos prescritos pela lei da Torá e judeus, incluindo o abate de um cordeiro pelos sacerdotes Cohanim (descendentes de Arão), a aspersão do sangue, a queima de gorduras e outras partes do cordeiro em um altar. Tudo ao som de trombetas de prata sopradas pelos levitas. O local do abate cerimonial foi a yeshiva Beit Orot, de onde se pode ver todo o Monte do Templo.
Segundo o calendário judaico, que é lunar e segue os tempos estabelecidos por Deus no Antigo Testamento, a Páscoa (Festa de Pêssach) começa ao pôr do sol desta sexta, 22 de abril e vai até o anoitecer de sábado, dia 30.
O rabino Ariel, que leu passagens do Talmude relativos ao Monte do Templo explicou que trata-se de mais um ensaio para que, quando as cerimônias forem retomadas no novo Templo, esteja tudo pronto.
Os organizadores do evento dizem que desejavam oferecer uma autêntica experiência judaica “com os cheiros, sons e cores que foram perdidos para nós nestes 2000 anos”. O objetivo final era “despertar no povo um desejo de renovar este ritual do Templo em nossos dias”.
O rabino Shmuel Eliyahu, importante líder judeu, salientou que “todos os judeus praticantes, vem rezando por isso três vezes ao dia durante os últimos 2.000 anos”. Ele estava feliz por ver as orações cantadas com acompanhamento musical após o abate do animal, enquanto os Cohanim usavam as peças cerimoniais que já estão prontas para serem utilizadas em breve no Templo.

PENSAMENTO DO DIA
Cristo expressão maior do amor de Deus
Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. (Romanos 5:8)
Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. (João 15:13)

GENTE QUE FAZ

Sem-Título-1hghh
Imortal das grandes academias de letras, o Professor e Advogado Antônio Clóvis é gente que faz a diferença neste mundo. Com o seu jeito simples e amigo sempre está à disposição a servir, essa é a grande diferença entre as pessoas que Cristo ama. Pois, e sempre estão dispostas a socorrem a viúva, o órfão e o faminto. Parabéns bom amigo, que a luz de Cristo continue lhe dado graça e amor.

RÁPIDAS DA SEMANA
1- Lei quer mercados fechados no domingo: “Dia de ir à igreja”
2- Pastor denuncia Jean Wyllys por “quebra de decoro”
3- Bancada evangélica quer “diálogo” com governo Temer
4- “Arca de Noé” chega ao Brasil nas Olimpíadas
5- Malafaia critica participação de Zé de Abreu no Faustão
6- Pastores não acreditam no arrebatamento antes da Tribulação (Fonte: gospelprime)

PENSAMENTO… REFLEXÃO…
Conta uma lenda japonesa que certo monge, entusiasmado pela beleza do livro chinês Tao Te King, resolveu levantar fundos para traduzir e publicar aqueles versos em sua língua pátria. Demorou dez anos até conseguir o suficiente. Entretanto, uma peste assolou seu país, e o monge resolveu usar o dinheiro para aliviar o sofrimento dos doentes. Mas assim que a situação se normalizou, de novo partiu para arrecadar a quantia necessária à publicação do Tao; mais dez anos se passaram, e quando já se preparava para imprimir o livro, um maremoto deixou centenas de pessoas desabrigadas.
O monge de novo gastou o dinheiro na reconstrução de casas para os que tinham perdido tudo. Outros dez anos correram, ele tornou a arrecadar o dinheiro, e finalmente o povo japonês pôde ler o Tao Te King.
Dizem os sábios que, na verdade, esse monge fez três edições do Tao: duas invisíveis, e uma impressa. Ele acreditou na sua utopia, combateu o bom combate, manteve a fé em seu objetivo, mas não deixou de prestar atenção ao seu semelhante. Que seja assim com todos nós: às vezes os livros invisíveis, nascidos da generosidade para com o próximo, são tão importantes quanto aqueles que levam escritores a ocupar uma vaga nas Academias de letras

AGRADECIMENTO A ACJUS (academia de Ciências jurídicas e Sociais de Mossoró)

Sem-Título-1yttt

Foi uma das mais belas sessões realizada pela Academia de Ciências Jurídicas e Sócias de Mossoró- ACJUS- parabéns a todos. Obrigado pela participação em minha sessão de elogio ao patrono de minha cadeira o Dr. Sebastião Vasconcelos dos Santos. Assim como ao professor Dr. Paulo Lopo saraiva, que de forma inteligente e sapiente defendeu o patrono de sua cadeira.

AMOL – Academia Mossoroense de Letras

Sem-Título-1bhhg

Diretoria (Elder Heronildes, Wilson Bezerra, Geraldo Maia, Ricardo Alfredo, Jeosafá e Filemom Pimenta), para assunto do programa de TV com direção da AMOL, já está em total trabalho. Com o tema: Academia em Foco.

PATRONOS DA ACJUS

Sem-Título-1

Lançado nesta sexta 29/05 as 20h no hotel Villa Oeste, um breve perfil de Sebastião Vasconcelos dos Santos, que é patrono da cadeira 08 da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró. Hoje assento Ricardo Alfredo.

RECOMENDADO
O vídeo apresenta um cumprimento profético entre os judeus. Recomendo a observação e estudo detalhado deste fato. Para melhor observação eis o endereço eletrônico. https://www.youtube.com/watch?v=5kgbRusmqjs

XI ELOIN – ENCONTRO DE LÍDERES E OBREIROS DA INFÂNCIA
Oferecendo aos seus obreiros mais uma oportunidade de aprimoramento dos seus conhecimentos, tendo como fim uma prática evangelística e discipuladora que apresentem melhores resultados para a glória de Deus, o Departamento Infantil da Assembleia de Deus em Mossoró (DIADEM) realizará neste mês de maio mais um Encontro de Líderes e Obreiros da Infância – ELOIN.
De acordo com o diácono Francisco Luzimar (Diretor do DIADEM), o encontro agendado para o dia 26 de maio, tem como público alvo todos aqueles que militam no trabalho infantil.
A programação, a ser desenvolvida das 8h às 17h, no templo sede, contará com a participação de nomes conhecidos como Pastor Francisco Cícero Miranda (presidente da IEADEM), Tia Iza (Abreu e Lima – PE), Tia Lani (SC), Tia Danielle Fernandes (Parnamirim/RN), entre outros.
Todos os obreiros da infância são convidados a participarem de mais esta ação preparatória que contribuirá, significativamente, para o aprimoramento e bom desempenho de suas atividades. Para tanto, as inscrições já encontram-se abertas, junto as líderes de setores.
Mais informações podem ser obtidas através dos contatos: (084) 99810-7355, 99986-5340, 3321-5721 e pelo e-mail: [email protected] (Fonte: AD Mossoró)

SESSÃO DE ELOGIO DA ACJUS

No mês de junho é a vez dos amigos e doutores ANTÔNIO CLÓVIS e EDILSON GONZAGA DE SOUZA JUNIOR na sessão de elogio aos patronos de suas cadeiras. A ACJUS promove a sessão de elogio com todos os imortais da academia. Com certeza essa sessão será especial, é aguarda para conferir.

REFLEXÃO
O apóstolo Paulo escrevendo aos Romanos, lança as bases de uma fé profunda em Cristo Jesus.
Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. (Romanos 8.37-39)