terça-feira , 17 de outubro de 2017
Home / Opinião / Laíre Rosado / PT estadual rompe com Robinson Faria

PT estadual rompe com Robinson Faria

Enquanto o presidente estadual do PT, Eraldo Paiva e o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) defendem o rompimento do partido com o Governo do Estado, em Mossoró, segmentos do partido discutem a composição de chapa com o prefeito Francisco José. Atualmente, o PT é responsável por três secretarias estaduais, Francisco das Chagas, na Educação, Tereza Freire, secretária da mulher e Berna Azevedo na Juventude. A Fundação José Augusto é dirigida por outro petista, Crispiniano Neto. Em Mossoró, segmentos do PT defendem o governo do prefeito Francisco José.
A senadora Fátima Bezerra foi a primeira a romper com o governador Robinson Faria, entregando os cargos ocupados com sua indicação. Nessa ocasião, o deputado Fernando Mineiro discordou e continuou ocupando o cargo de líder do governo na Assembleia Legislativa.
Ontem, Mineiro defendeu o rompimento do PT com o governo do Estado, por conta do deputado federal Fábio Faria, filho do governador, anunciar que votará favoravelmente ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em sua rede social, o deputado justificou que “diante da posição do deputado Fábio Faria (PSD) em apoio ao golpe, defendo que o PT-RN entregue os cargos que ocupa no Governo do Estado.” Até então, Mineiro acreditava que poderia ter o apoio de Robinson a sua candidatura a prefeito de Natal.
Apesar da recomendação do diretório regional, o diretório municipal do PT mossoroenses ainda não se pronunciou. Continua ocupando cargos no governo municipal e não suspendeu os entendimentos para a aliança nas eleições de 2016.