Taxistas bloquearam ruas no Centro de Mossoró em protesto contra morte de Leonardo Almeida

Protesto marca sepultamento de taxista assassinado em Mossoró

Quarta-feira com movimentação intensa no Centro de Mossoró a partir da reação a morte do estudante universitário, e taxista, Francisco Leonardo Fernandes de Almeida, 33, ocorrida no fim da noite desta terça-feira.

Durante todo o dia, taxistas se revezaram numa manifestação que bloqueou parte de ruas situadas nas imediações do centro velório onde foram rendidas as últimas homenagens a Leonardo Almeida.

O protesto se intensificou no fim da tarde quando dezenas de veículos intensificaram o bloqueio nas imediações do Cemitério São Sebastião.

A todo o momento os taxistas externavam insatisfação quanto a insegurança que atinge a cidade e aos riscos que cercam a categoria.

Leonardo Almeida foi morto por volta das 23h50 no trecho urbano da BR-304, em Mossoró.

O veículo foi encontrado com motor, e luzes, ligados e a vítima com tiros disparados na cabeça. A vítima mantinha uma viagem agendada para Fortaleza (CE) na noite desta terça-feira.

A polícia começa a colher elementos e não descarta a possibilidade de latrocínio nem de homicídio.