sábado , 19 de agosto de 2017
Home / Destaques / Penitenciária de Alcaçuz registra segunda tentativa de fuga em menos de 24h
Detentos do pavilhão 3 tentaram escapar por um buraco escavado próximo ao muro da unidade.
Detentos do pavilhão 3 tentaram escapar por um buraco escavado próximo ao muro da unidade.

Penitenciária de Alcaçuz registra segunda tentativa de fuga em menos de 24h

Detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz tentaram fugir mais uma vez na madrugada desta terça-feira, 03 de maio. A direção da unidade informou que, por volta das 4h 40, um grupo de apenados saiu do pavilhão 3 e tentou escapar por um buraco escavado próximo ao muro da unidade, mas os policiais militares que trabalham nas guaritas perceberam a movimentação e impediram os homens de fugir.

Esta foi a segunda tentativa de fuga de Alcaçuz nas últimas 24 horas. Na segunda-feira, 02 de maio, três detentos ainda conseguiram escapar e chegar ao lado de fora da unidade prisional, mas foram recapturados por policiais.

A Penitenciária Estadual de Alcaçuz é a maior unidade prisional do Rio Grande do Norte e fica no município de Nísia Floresta. A unidade já registrou uma série de fugas e tentativas frustradas de escapar desde o ano passado, planos que são facilitados por deficiências na segurança e na iluminação da Penitenciária.

Somente este ano, 188 detentos já fugiram e outros 10 morreram dentro de unidades prisionais potiguares. O sistema está em calamidade pública desde o ano passado e, de acordo com a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc), as depredações de revoltas e danos causados durante fugas já custaram mais de R$ 7 milhões ao Governo do Estado desde março de 2015.