sábado , 19 de outubro de 2019
Home / Destaques / O futebol nordestino existe
Sport é um dos que estão no G-4 da série B e podem acessar a série A / Divulgação
Sport é um dos que estão no G-4 da série B e podem acessar a série A / Divulgação

O futebol nordestino existe

Apesar das forças econômicas tentarem aumentar a desigualdade no futebol brasileiro, os clubes nordestinos resistem. Das quatro equipes na Série A – um número recorde de clubes do Nordeste no mesmo ano – apenas uma delas (o CSA-AL) está na zona de rebaixamento, lutando bravamente contra a queda. Ceará e Fortaleza lutam por vaga na Sulamericana, enquanto o Bahia (7º) até sonha com Libertadores.

Na Série B, dois dos três nordestinos estão no G4, para classificar à Série A: Sport e CRB-AL. O Vitória-BA, em crise, luta contra a queda. Na Série C, a final é entre dois clubes da região: Sampaio Corrêa-MA e Náutico. Assim como esses dois, o Confiança-SE também beliscou vaga na Série B 2020. Na Série D, o Jacuipense-BA conquistou uma das quatro vagas de acesso à C do ano que vem.

Edição: Monyse Ravenna

Agência Brasil