quarta-feira , 19 de dezembro de 2018
Home / Destaques / Notas da Redação

Notas da Redação

POBRES

papa dia dos pobres

Abrimos a coluna de hoje fazendo referência ao Dia Mundial dos Pobres, instituído pelo Papa Francisco e celebrado pela Igreja católica. Francisco recorda ainda os desempregados, os sem-abrigo, os sem-terra, as crianças exploradas, o combate à indiferença entre os seres humanos.

FÁTIMA
A governadora eleita, Fátima Bezerra, terão reunião com o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Expedito Ferreira, na segunda-feira (19) para iniciar o diálogo sobre a devolução das sobras orçamentária dos Poderes. Depois, irá procurar o Podre Legislativo, nesse mesmo sentido.

SECRETARIADO
No início, Fátima Bezerra foi criticada por não haver convidado técnicos da área de segurança para fazer parte da equipe de transição. Corrigido o motivo da reclamação e para mostrar sua preocupação com a Segurança Pública, o primeiro secretário que anunciará será o da Segurança Pública.

ARAÚJO
Fátima adianta que a escolha dos secretários é decisão sua, sem imposição de quem quer que seja, mas o que se comenta em Natal é que o coronel Araújo ex-comandante da Polícia Militar nos Governos de Wilma de Faria e Rosalba Ciarlini seria o indicado para o cargo.

EMPRESÁRIOS
Fátima Bezerra também não esquece a importância do empresariado potiguar em sua futura gestão. Na última sexta-feira esteve na Feira Nacional do Camarão e, ao lado do seu suplente e futuro senador Jean-Paul, visitou o empresário Marcelo Alecrim, presidente da ALE.

ZENAIDE
A deputada Zenaide Maia foi eleita senadora pelo apoio que recebeu do eleitor por votar contra as medidas encaminhadas pelo presidente Temer ao Congresso. No Senado, nos quatro anos iniciais, não será difícil continuar votando contra o governo de Bolsonaro.

ONYX
O homem mais forte da equipe de Bolsonaro, ao lado de Paulo Guedes, o deputado Onyx Lorenzoni poderá não assumir o cargo de chefe da casa civil. Está sendo investigado pelo TSE.

AGRICULTURA
A deputada Tereza Cristina (DEM-MS), anunciada para o ministério da Agricultura é outra que poderá cair antes de chegar ao cargo. Está sendo denunciado de haver sido beneficiada pelo grupo JBS, quando foi secretária de Estado.

PSDB
Depois do resultado frustrante nas eleições, perdendo 20 cadeiras na Câmara, o PSDB inicia discussão para a criação de outro partido, resultante da fusão de outros partidos que se encontram na mesma situação. DEM, PPS, PSD, PV estão na mira para efetivação do projeto.

MÉDICOS
A saída dos cubanos do Programa Maia Médicos continua dando o que falar. Bolsonaro alega a necessidade do Revalida como um dos motivos. Agora se sabe que não são apenas os cubanos que não fazem o exame, mas médicos de inúmeras outras nacionalidades.

BRASILEIROS
Também trabalham no Mais Médicos sem a realização do Revalidada, cerca de 3.300 médicos brasileiros formados no exterior e outros originários de 15 diferentes nacionalidades, de países como Estados Unidos, Holanda, Áustria, Rússia, Portugal, Espanha, Argentina, Venezuela, Síria, Quênia, Nigéria, Haiti e Afeganistão.

VAGAS
Para saber a dificuldades de preencher as vagas que resultarão da saída dos médicos cubanos, é importante saber que o programa soma 18.240 vagas, mas cerca de 2.000 estão abertas, sem médicos e que o Mais Médicos prioriza os formados no Brasil ou com o diploma revalidado.

DESISTÊNCIA
No último edital para preenchimento de vagas no Mais Médicos, mais de 20 mil brasileiros se inscreveram, mas, depois, ele não foram para os lugares determinados. Por esse motivo, o Ministério da Saúde fez uma segunda chamada, abrindo espaço para médicos estrangeiros.