sábado , 25 de novembro de 2017
Home / Destaques / Ministro autoriza permanência de agentes federais no RN por mais um mês
Decisão foi anunciada em audiência realizada em Brasília na noite desta quarta-feira
Decisão foi anunciada em audiência realizada em Brasília na noite desta quarta-feira

Ministro autoriza permanência de agentes federais no RN por mais um mês

Os 78 agentes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), ligados ao Ministério da Justiça, que estão no Rio Grande do Norte integrando a força-tarefa de intervenção penitenciária atuarão, no mínimo, por mais trinta dias na Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

A garantia foi dada pelo ministro da Justiça, Osmar Serraglio, em audiência realizada na noite desta quarta-feira (10), em Brasília, com o governador do Estado e a bancada federal potiguar.

Serraglio prometeu que a prorrogação poderá se dar por mais tempo, caso não ocorra uma situação grave emergencial que obrigue o governo federal a deslocar seus homens para uma outra unidade da federação.

O pedido feito pelo governador Robinson Faria ao ministro foi que os agentes permanecessem no Rio Grande do Norte até a conclusão da reconstrução de Alcaçuz, da conclusão das obras da Cadeia Pública de Ceará Mirim e da contratação de 500 novos agentes penitenciários, cujo concurso será realizado de forma emergencial.

“Essas contratações deverão ocorrer em um prazo de três a quatro meses”, estimou o governador.

Com relação aos demais pedidos apresentados pela bancada, o ministro Serraglio não ofereceu uma resposta imediata: ele encaminhará os pleitos para análise de sua assessoria.

Porém, ele ressaltou que todos os ministérios sofreram importantes cortes orçamentários. “Aqui na Justiça, estamos em uma situação de que se não promovermos nenhum corte no orçamento da Polícia Federal, por exemplo, não sobrará nenhum recurso para a Polícia Rodoviária Federal, a Funai e a Força Nacional”, comentou.

 

LEIA MAIS