domingo , 17 de dezembro de 2017
Home / Destaques / Marido foge e mulher é presa com dois carros roubados em condomínio de Parnamirim
Os carros foram roubados nos estados de PE e PB. Marido fugiu e deixou a esposa (Foto: Divulgação PRF).
Os carros foram roubados nos estados de PE e PB. Marido fugiu e deixou a esposa (Foto: Divulgação PRF).

Marido foge e mulher é presa com dois carros roubados em condomínio de Parnamirim

Após denúncia de que uma caminhonete Hilux branca, roubada há cerca de um mês no Estado de Pernambuco, estava estacionada em frente a um condomínio às margens da BR-101, em Parnamirim, próximo ao cemitério Morada da Paz, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi ao local na noite da terça-feira e confirmou o fato.

Os policiais tiveram acesso às imagens das câmeras externas e descobriram que o veículo estava na posse de um morador e então pediram que o síndico do prédio os acompanhasse até ao apartamento do suspeito.

A equipe foi recebida por uma mulher que se identificou como esposa do suspeito. Ela falou que o marido havia saído de manhã e que ainda não tinha retornado para casa. Durante a conversa, os policiais ouviram uma pessoa de dentro do apartamento gritando “corra!”. De imediato os PRFs desceram e encontraram na garagem do morador, um Fiat Strada ano 2014, com o motor ainda quente e com as portas abertas. Foi feita uma busca, mas o homem não foi localizado.

Ao verificarem os registros, os policiais constataram que o Fiat Strada estava com placa clonada e que, na verdade, tratava-se de um carro roubado em novembro de 2016, na cidade de João Pessoa/PB. Em decorrência do flagrante, a mulher foi detida e encaminhada com os dois veículos à Central de Flagrantes de Natal.

Os PRFs descobriram ainda que o homem de 35 anos que fugiu da casa, abandonando a mulher, é proprietário de uma empresa de venda de peças e acessórios para veículos automotores na cidade de Ceará Mirim.

O proprietário do Fiat Strada foi contactado e confirmou ter sido vítima de assalto em novembro do ano passado quando estava saindo de seu trabalho na capital paraibana. O carro não estava segurado e o dono ficou muito feliz por poder recuperá-lo.