quarta-feira , 26 de setembro de 2018
Home / Destaques / Juiz concede liberdade a Henrique Eduardo Alves
Juiz concede liberdade a Henrique Eduardo Alves
Ex-ministro é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionados à construção da Arena das Dunas.

Juiz concede liberdade a Henrique Eduardo Alves

O juiz Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara Federal de Natal, revogou a prisão domiciliar do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (MDB). Agora, o ex-deputado passará a responder em liberdade ao processo da operação Manus, em que é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao receber propinas disfarçadas de doações eleitorais, oficiais e não oficiais, através de desvios na construção da Arena das Dunas.

Henrique Alves foi preso no dia 6 de junho de 2017, em decorrência da operação Manus (na qual Eduardo Cunha também é investigado) e da operação Sépsis, que investigou desvios no Fundo de Investimentos do FGTS.

Desde o dia 3 de maio de 2018 Henrique Alves cumpria prisão domiciliar. A defesa do ex-ministro afirma que o processo “caminha para absolvição”.

Operação Sépsis

A operação Sépsis foi deflagrada em 1º de julho de 2016 como desdobramento da operação Lava Jato. Segundo denúncia do Ministério Público, Henrique Alves, o ex-deputado Eduardo Cunha, o ex-vice-presidente da Caixa, Fábio Cleto, o empresário Alexandre Margotto e Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, receberam propina de empresas em troca de empréstimos do FI-FGTS.