quarta-feira , 26 de julho de 2017
Home / Destaques / Ex-governadora Wilma de Faria morre em Natal
“Guerreira”, Wilma de Faria encerrou luta contra o câncer em hospital na capital potiguar
“Guerreira”, Wilma de Faria encerrou luta contra o câncer em hospital na capital potiguar

Ex-governadora Wilma de Faria morre em Natal

Faleceu no fim da noite desta quinta-feira a ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria.

Wilma que atualmente ocupava o cargo de vereadora na Câmara Municipal de Natal, estava internada no Hospital São Lucas, em Natal, em tratamento contra o câncer, agravado por uma infecção contraída nos últimos dias.

Wilma era natural de Mossoró e tinha 72 anos de idade. Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) iniciou sua vida pública em 1979 ao se tornar primeira-dama do Estado, sendo nomeada para a presidência do MEIOS – Movimento de Integração e Orientação Social – pelo Governador do Estado, à época, seu marido, Lavoisier Maia.

Foi deputada federal, prefeita de Natal por três vezes, uma vez vice-prefeita, duas vezes governadora do Estado e atualmente ocupava o cargo de vereadora de Natal.

Militou por 20 anos como integrante do Partido Socialista Brasileiro (PSB), mas atualmente integrava o PTdoB.

Governou o Rio Grande do Norte após uma vitória memorável obtida em 2002, sendo eleita com 820.541 votos, correspondentes a 61,05% dos votos válidos. Em 2006, candidatou-se à reeleição para governadora, junto com o parceiro de chapa, Iberê Ferreira de Sousa.

Numa disputa histórica com Garibaldi Alves venceu no segundo turno com 824.101 votos, correspondentes a 52,38% dos votos válidos.

Em suas gestões reestruturou a malha viária do Rio Grande do Norte e adotou um eficiente projeto de segurança pública com atenções voltadas para o interior, onde conseguiu controlar quadrilhas que aterrorizavam a população.

Primeira mulher a assumir a prefeitura de Natal, e o Governo do RN, ganhou o apelido de “Guerreira”.

O corpo de Wilma de Faria será velado no Palácio da Cultura, na Praça 7 de Setembro, em Natal. O sepultamento será no Cemitério Morada da Paz, em Emaús. Os horários serão anunciados na manhã desta sexta-feira.