terça-feira , 19 de novembro de 2019
Home / Destaques / Em crise, Flu encara Atlético-PR por vaga na final da Sul-Americana
43841721530_0b797f6e09_z_(2)_banner

Em crise, Flu encara Atlético-PR por vaga na final da Sul-Americana

Fluminense e Atlético-PR se enfrentarão nesta quarta-feira no Maracanã para definir o representante brasileiro na final da Copa Sul-Americana em duelo de opostos, já que o Tricolor vive uma crise dentro e fora de campo, enquanto o Rubro-Negro não perde há seis partidas.

O Furacão partirá em vantagem não só pelos momentos distintos, mas principalmente por ter conquistado um bom resultado na primeira partida, na Arena da Baixada, há duas semanas, quando venceu por 2 a 0. Como o gol fora de casa é critério de desempate, o time do técnico Tiago Nunes poderá perder por dois gols de diferença, desde que balance a rede do adversário.

A equipe carioca não vence há oito jogos, sete pelo Campeonato Brasileiro e a ida contra o Atlético, e não marcou um gol sequer nesses compromissos, o que representa a pior seca do clube em 116 anos de história.

O que poderia ser um fim de ano tranquilo para o Flu, com a continuidade na primeira divisão e o sonho de disputar a decisão da Sul-Americana pela segunda vez, se transformou em uma parte final de temporada de apreensão para a torcida.

O título do torneio continental, do qual o time foi vice-campeão em 2009, ficou mais distante, e o rebaixamento ainda é uma possibilidade, embora um empate com o América-MG no próximo domingo, também como mandante, já seja suficiente para a fuga da Série B.

Outra vantagem para o Atlético é poder ter poupado os titulares no empate com o Ceará em 2 a 2 no último domingo, pelo Brasileirão. O campeão paranaense ainda luta por uma vaga na próxima Taça Libertadores, mas prioriza a Sul-Americana, enquanto o Fluminense não quer um novo descensos em sua história e, além disso, teve o elenco reduzido pelas lesões. As principais baixas, de longa data, são o lateral-direito Gilberto e o atacante Pedro.

Por outro lado, o goleiro Júlio César e o zagueiro Gum, desfalques na derrota para o Internacional por 2 a 0 no último domingo, em Porto Alegre, estarão de volta.

Os dois clubes têm como principal campanha internacional de suas histórias o vice-campeonato da Libertadores. O Furacão perdeu para o São Paulo em 2005, e o Flu caiu enfrentando a LDU de Quito três anos depois.

Na luta pelo título inédito, quem se classificar enfrentará o Junior Barranquilla ou o Independiente Santa Fé, ambos da Colômbia. As finais acontecerão em 5 e 12 de dezembro.

Prováveis escalações:.

Fluminense: Júlio César; Léo (ou Igor Julião), Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson e Sornoza; Cabezas (ou Júnior Dutra), Everaldo e Luciano. Técnico: Marcelo Oliveira.

Atlético-PR: Santos; Jonathan, Léo Pereira, Thiago Heleno e Renan Lodi; Wellington (ou Bruno Guimarães), Lucho González e Raphael Veiga; Marcelo Cirino, Nikão e Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

Árbitro: Julio Bascuñán (Chile), auxiliado pelos compatriotas Christian Schiemann e José Retamal.

Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

 

Agência EFE