quarta-feira , 19 de dezembro de 2018
Home / Destaques / Copa do Mundo da Rússia terá um árbitro e dois auxiliares brasileiros
hhh

Copa do Mundo da Rússia terá um árbitro e dois auxiliares brasileiros

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou nesta quarta-feira (29) os nomes dos 36 árbitros e 63 auxiliares (bandeirinhas) que atuarão na Copa do Mundo de futebol, que será realizada de 14 de junho a 15 de julho deste ano, na Rússia. Ao todo, 46 países estão representados no corpo de oficiais de partidas da competição.

O Brasil será representado pelo árbitro Sandro Ricci e pelos auxiliares Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse.

Segundo a Fifa, a escolha do grupo final de juízes e auxiliares levou em conta as habilidades, a personalidade, o nível de entendimento das regras e a capacidade de entender tanto o jogo quanto as táticas diversas adotadas pelas seleções.

Os Estados Unidos serão o país com mais representantes: quatro, sendo dois árbitros e dois bandeirinhas. Além do Brasil, 20 países enviarão à Copa trios de arbitragem (um juiz e dois auxiliares): Arábia Saudita, Irã, Uzbequistão, Senegal, México, Argentina, Paraguai, Chile, Uruguai, Colômbia, Alemanha, Rússia, Espanha, França, Itália, Sérvia, Turquia, Polônia, Eslovênia e Holanda.

Lista dos 36 árbitros escolhidos pela Fifa para a Copa do Mundo da Rússia-2018:

– Confederação Asiática (AFC):

Fahad Al Mirdasi (KSA)

Alireza Faghani (IRN)

Ravshan Irmatov (UZB)

Mohammed Abdulla Mohamed (UAE)

Ryuji Sato (JPN)

Nawaf Abdulla Shukralla (BHR)

– Confederação Africana (CAF):

Mehdi Abid Charef (ALG)

Malang Diedhiou (SEN)

Bakary Papa Gassama (GAM)

Ghead Grisha (EGI)

Janny Sikazwe (ZAM)

Bamlak Tessema Weyesa (ETH)

– Concacaf:

Joel Aguilar (SLV)

Mark W. Geiger (EUA)

Jair Marrufo (EUA)

Ricardo Montero (CRC)

John Pitti (PAN)

César Arturo Ramos Palazuelos (MEX)

– Conmebol:

Julio Bascuñán (CHI)

Enrique Cáceres (PAR)

Andrés Cunha (URU)

Néstor Pitana (ARG)

Sandro Ricci (BRA)

Wilmar Roldán (COL)

Confederação da Oceania (OFC):

Matthew Conger (NZL)

Norbert Hauata (TAH)

– Uefa:

Felix Brych (ALE)

Cüneyt Cakir (TUR)

Sergey Karasev (RUS)

Bjorn Kuipers (HOL)

Szymon Marciniak (POL)

Antonio Miguel Mateu Lahoz (ESP)

Milorad Mazic (SRB)

Gianluca Rocchi (ITA)

Damir Skomina (SVN)

Clément Turpin (FRA)