domingo , 22 de outubro de 2017
Home / Destaques / Ataque talibã deixa mais de 100 mortos e feridos no Afeganistão
Afeganistaão

Ataque talibã deixa mais de 100 mortos e feridos no Afeganistão

Talibã, vestidos de militares, atacaram uma base militar na região norte do Afeganistão durante as orações de sexta-feira deixou mais de cem mortos e feridos. O ataque ocorreu ontem, sexta-feira e vitimou jovens recrutas que foram a maior parte das vítimas. O ataque ocorreu numa base próxima a uma mesquita, em Mazar-i-Sharif, capital da província de Balkh.
O atentado durou cerca de cinco horas e foi realizado por de homens fortemente armados.

O ataque pode ser considerado o mais violento no Afeganistão contra civis ou militares.
O número de vítimas entretanto, ainda está desencontrado. Na sexta-feira à noite, um porta-voz militar americano anunciou “mais de 50 soldados” afegãos mortos. Os terroristas chegaram na hora da oração na mesquita da base, o que significa que as vítimas estavam desarmadas.

Dos dez talibãs que atacaram a base, sete foram mortos, dois detonaram os explosivos presos aos corpos e um foi detido, informou o ministério da Defesa, sem revelar detalhes sobre o ataque. A ação começou à tarde, na hora da oração de sexta-feira. Em um pronunciamento, o Talibã declarou que homens-bomba fizeram o ataque no distrito de Dihdadi. O governo afegão informou que 10 deles morreram – dois suicidas e oito em combate.

O Talibã esclareceu ainda que o ataque foi uma retribuição pelo recente assassinato de vários líderes do Talibã no norte do Afeganistão. O grupo terrorista pede a saída das tropas estrangeiras do país.

“Eles chegaram a bordo de Humvees e de caminhões do exército afegão. Estavam vestidos com uniformes militares”, contou o oficial que estava na base e pediu anonimato. “Era a hora da oração na mesquita da base, o que significa que as vítimas estavam desarmadas”, explicou ele.