sexta-feira , 23 de junho de 2017
Home / Opinião / Notícias do Interior / Alvanilson Carlos – Notícias do Interior

Alvanilson Carlos – Notícias do Interior

MELHOR TER CAUTELA

O Brasil vive um momento triste na sua história. A democracia está abalada e o estardalhaço do judiciário virou apresentação de cinema só para mostrar que tem força e pode deter qualquer pessoa mesmo que elas não tenham ainda sido condenadas com provas plausíveis. A forma como está sendo realizadas essas ações só demonstra o quanto estamos vulneráveis e marchando para uma disputa que está jogando na lama anos de luta por um país democrático.
Isso porque é salutar termos um judiciário atento e agindo, mas dentro da lei, respeitando o trâmite legal dos processos e não antecipando culpados sem as devidas provas, puxados apenas por delatores raivosos que podem jogar por água abaixo a história de homens que são exemplos de luta e sucesso para muitas pessoas.
Não quero com isso, defender quem estiver errado, só acredito que um pouco de prudência e cuidado para não marginalizar inocentes seria o caminho mais prático e real, pois esse estardalhaço só aumenta os problemas do povo brasileiro.
A vontade de desmoralizar ou até de incriminar alguém antes de serem cumpridas todas as etapas, principalmente de políticos está se tornando muito perigoso, haja vista, que esse tipo de ação toma o noticiário e ao mesmo tempo paralisa qualquer medida no campo político e econômico, entravando decisões importantes que poderiam melhorar a vida dos brasileiros. Da forma como está sendo colocado, fica parecendo que todos os problemas do país são únicos e exclusivamente dos políticos e em nenhuma outra classe existem falhas, o que é um erro gritante que poucos estão percebendo até por que uma nação é construída por várias classes e todas elas têm seus méritos e falhas.
Portanto, é preciso continuar combatendo qualquer tipo de crime, principalmente de corrupção, mas a cautela deve prevalecer para que não prejudique o andamento do país e nem tampouco incrimine inocentes, se for o caso. O certo é que essas abordagens e delações estão se tornando disputas de parte a parte, que podem não ser a realidade dos fatos. Fica o alerta.

MUITO DIFÍCIL

A situação da saúde no estado é muito difícil. Para comprovar essa afirmação basta precisar de um hospital de urgência para ver o quanto a coisa está complicada.  Faltam condições de trabalho, faltam leitos de UTI, faltam médicos em algumas especialidades, faltam medicamentos, enfim a situação não está fácil e a população vem sofrendo as conseqüências.  O certo é que há um enorme desafio para o Governador Robinson Faria enfrentar e melhorar algo nessa área.

REALIDADE

Em Mossoró a situação está tão grave, que todas as unidades de saúde vivem lotadas e alguns hospitais como Tarcísio Maia, Wilson Rosado, Hospital da Mulher, Casa de Saúde Dix-Sept Rosado, Hospital da Associação de Apoio a Criança com Câncer estão sempre em situação difícil uns por superlotação e outros por superlotação e falta de recursos que impedem a continuidade dos serviços em virtude de falta de repasses seja pelo Governo do Estado, seja pela Prefeitura.  O certo é que a população passa por um sofrimento sem tamanho e pouquíssimas providências estão sendo tomadas.

COM QUEDA

O Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal receita de muitas cidades pequenas do Brasil continua decepcionando na arrecadação.  O mês de fevereiro fechou com uma queda brusca, o que deixou as prefeituras em situação muito delicada para fechar suas contas.  Além disso, prefeituras que possuem royalties como complemento de receita também teve uma redução considerável complicando mais ainda suas finanças.  Agora é torcer para ver se a economia reage, caso contrário a tendência é de piorar.

COM AUMENTO

Enquanto as prefeituras fecharam o mês de fevereiro com queda na arrecadação, o estado fechou com um aumento considerável se comparado com fevereiro do ano passado as receitas do governo do estado cresceram cerca de 39 milhões a mais, o que mostra que o aumento de impostos juntamente com a fiscalização está dando resultados favoráveis mesmo à economia estando em baixa. Agora o governo espera manter o crescimento para tentar equilibrar suas contas e começar a fazer algum tipo de investimento que não foi possível no primeiro ano. Pelo menos espera-se!.

 ELEIÇÕES

A cidade de Patu, assim como em outros municípios, vive um momento pré-eleitoral no qual as definições começam a acontecer quanto à composição de chapas para o próximo pleito que acontece em dois de outubro.  Pela situação as coisas já estão praticamente decididas com a candidatura de Rivelino Câmara para prefeito e Gilberto Moura para vice, já na oposição o candidato deverá ser o vereador Thácio Queiroga que ainda não definiu quem será seu vice. Daqui para as convenções muita coisa poderá acontecer, mas o quadro de momento é esse.

BOA NOTÍCIA

O Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER) anunciou que vai investir cerca de 3,6 milhões de reais para recuperar as estradas do estado, incluindo nesse meio as RNs do oeste e alto oeste que tanto necessitam.  Uma boa notícia para os motoristas que trafegam nessas estradas.  Espera-se que essa notícia se torne realidade, pois tem algumas estradas como a que liga Lucrécia a Umarizal que está em situação complicada.

AÇÃO

Se existe um deputado que tem lutado por melhorias para o estado, esse é Walter Alves.  Sempre estamos vendo o deputado buscando recursos e lutando por melhorias para a sociedade norteriograndense.  Essa semana recebeu em Brasília o Secretário de Finanças de Patu Rivelino Câmara e a prefeita de Luiz Gomes, Mariana Fernandes, acompanhada do seu pai o ex-prefeito Pio X para justamente reivindicar pleitos para esses municípios nos ministérios.

ALVANILSON-CARLOS---NOTICIAS-DO-INTERIOR---13-03-16