domingo , 17 de dezembro de 2017

REDUÇÃO

Sai governo e entra governo, mas é a tese de redução de gastos públicos que continua em alta. Faltando apenas 13 meses para terminar sua administração, o governador Robinson Faria criou uma comissão para analisar a venda de ativos e a redução de gastos do Estado.

ENCONTRO

Antes de adotar a medida, o governador Robinson esteve reunido, entre outros, com o procurador geral do Ministério Público do Estado, Eudo Leite, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Gilberto Jales e o Promotor de Justiça, Carlos Rodrigues.

PREVIDÊNCIA

Agora é oficial! O IPERN não pode sacar os recursos do Fundo Financeiro do Estado para pagar salários de aposentados e pensionistas. A informação foi repassada oficialmente pelo Banco do Brasil e os recursos, cerca de R$ 321 milhões, só poderão ser sacados entre 2019 e 2021.

VEREADORES

Os vereadores mossoroenses Isolda Dantas, Francisco Carlos e Sandra Rosado viajarão, hoje (22), a Natal, para visita de apoio aos professores da UERN e servidores da Saúde que estão em acampamento unificado, em frente à Governadoria, em greve há cerca de dez dias.

SECRETÁRIO

professor-aldo

O ex-vice-reitor da UERN, Aldo Gondim, assumirá a secretaria municipal de Esporte e Lazer, em substituição ao publ8icitário Hélio Honorato. Antes, a prefeita Rosalba Ciarlini havia sinalizado para essa indicação e, nesta semana, oficializou o convite.

DISTRITAL

O tema vinha sendo discutido sem estardalhaço e, na sessão de ontem (21), o Senado aprovou projeto criando o voto distrital misto para deputados federais e estaduais, e vereadores, de autoria do senador Eunício Oliveira. O projeto será encaminhado à Câmara dos Deputados.

GRATUIDADE

O Banco Mundial sugere ao governo brasileiro que acabe com o ensino superior gratuito e continue subsidiando os estudantes mais pobres do País. Com essa medida, as famílias de renda média e alta pagariam pelo curso depois de formados.

ENTENDIMENTO

Depois de acertados os ponteiros entre o presidente Temer e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, os dois se reunirão com os governadores e prefeitos com o objetivo de pedir apoio para aprovação da reforma da Previdência.

INACREDITÁVEL

Será inacreditável pensar em candidatura à reeleição do presidente Michel Temer? A ideia surgiu e pode contar com o apoio de diferentes partidos que não encontram outro nome para essa disputa. No momento, Temer surfa nas ondas da recuperação da economia brasileira.

FORO

Cresce no Supremo Tribunal Federal o apoio à tese do ministro Luís Roberto Barroso de que os políticos só terão direito ao foro privilegiado se o crime do qual forem acusados tiver sido cometido no exercício do mandato e for relacionado ao cargo que ocupam.