Vereador Lairinho defende pacto pela saúde de Mossoró

Em aparte ao pronunciamento do vereador Vingt-un Rosado (PSB), na sessão de ontem da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) defendeu pacto pela saúde de Mossoró.
A Prefeitura de Mossoró, segundo Lairinho, gastou R$ 4 milhões e 700 mil, até novembro com propaganda. “A prefeitura destinou esse montante para a Secretaria de Comunicação, e olhe que, tem muito veículo de comunicação sem receber há cinco meses. Então, para onde foi esse dinheiro?”, questiona.

Ele conta que, todos os dias, vereadores recebem denúncias com a saúde pública. No PAM do Bom Jardim, por exemplo, aparelhos de raios x, ultrassom, eletrocardiograma e oftalmológicos estão quebrados. Já na comunidade de Riacho Grande, o dentista não atende há dois meses por falta de material.

Diante da falta de prioridade do Executivo, Lairinho Rosado conclamou todos os edis da Casa para um pacto pela saúde do município. “Em Natal, o prefeito Carlos Eduardo quando assumiu a Prefeitura quebrada, cortou todos os gastos com propaganda. Então, colegas, vamos fazer um pacto pela saúde de Mossoró e remanejar 100% dos recursos da propaganda para a saúde e ajudar a salvar vidas na nossa cidade”, reforça.

Lairinho ainda reconhece a crise econômica em todo o país, mas cobra ações efetivas para áreas. “A crise financeira, todo mundo sabe que existe, agora, a principal crise na gestão do prefeito Silveira é de gestão. É incompetência de colocar os recursos para as áreas mais essenciais”, finaliza.