Vereador Francisco Carlos defende mais investimentos na zona rural

Na sessão de ontem da Câmara de Mossoró, o vereador Francisco Carlos (PV) dissecou, no plenário, as sete emendas que apresentou ao Orçamento Geral do Município (OGM) 2016. As propostas beneficiam, sobretudo, a zona rural.

O vereador destina R$ 178 mil para construir e recuperar estradas que interligam as agrovilas do polo Maisa: Real, Apodi, Pomar, Montana, Paulo Freire, Poço 10, São Romão, Pau Branco, Nova União, Angicos, incluindo as ruas da vila central.

Reserva R$ 600 mil para melhorar escolas e reajustar gratificação de professores que ensinam na zona rural; R$ 51 mil para campanhas educativas sobre Núcleos de Leitura em comunidades rurais e da Lei de Responsabilidade Educacional.

Também R$ 61 mil para a Biblioteca Municipal Ney Pontes e núcleos de leitura nas localidades Real, Apodi, Pomar, Montana, Paulo Freire, Poço 10, São Romão, Pau Branco, Nova União, Angicos, Mulunguzinho, Passagem de Pedra e Sussuarana.

E ainda R$ 200 mil para reforço da segurança pública e instalação da Base Integrada Cidadã na Maisa; R$ 40 mil para cursos de capacitação profissional para o público idoso (Programa Cuidador do Idoso), em parceria com a Uern.

Por fim, Francisco Carlos defende R$ 800 mil para construir escolas infantis (Proinfância) nos bairros Vingt Rosado, Santo Antônio, Integração, Alameda dos Cajueiros, Lagoa do Mato, Redenção, Sumaré, Paredões e conjunto Walfredo Gurgel.

E também nos bairros Rincão/Parque Universitário, Parque das Rosas, Santa Helena, Quixabeirinha, comunidade Bom Destino (Complexo Alagoinha), Papoco, conjuntos Alfredo Simonetti, Santa Delmira, Abolição V e Parque Universitário.