Verdadeiro amor platônico

Rodrigo Alves de Carvalho

– E aí Roberto, anda sumido?

– Você que sumiu depois que se casou.

– Agora as farras acabaram. Sou um homem sério… por enquanto. Mas e você, está solteiro ou já arrumou outra companhia para aquecer seus ouvidos nos dias frios de inverno?

– Cara. Vou te confessar porque é meu melhor amigo. Estou apaixonado!

– O quê? Nunca ouvi você dizer que já esteve apaixonado. Quem é a gata? Onde você a encontrou?

– Naquela loja nova que abriu na rua do centro.

– E como ela é?

– Morena de olhos azuis e um sorriso espetacular.

– Nossa! Pelo jeito é bem bonita.

– Desde que nossos olhares se cruzaram e eu vi aquele sorriso lindo, não tive dúvidas que era a mulher da minha vida.

– E o que você está esperando para conhece-la?

– As coisas não são bem assim …

– Claro que são. Chega na loja e diz que quer comprar alguma coisa…

– Numa loja de lingerie?

– E daí? Diz que é para sua irmã, sua mãe, sei lá! Arruma qualquer desculpa.

– Esses dias tomei coragem e fui até a loja pedir uma informação qualquer.

– Isso! E aí falou com ela?

– Nesse dia ela não se encontrava. Parece que estava em outra filial.

– Olha Roberto. Escuta o conselho de quem já pegou muitas mulheres. Não fica esperando. Chega junto…

– Mas o problema é que descobri que não posso fazer isso.

– Por quê? Ela é casada?

– Não. Com certeza não é casada.

– Tem o pai bravo ou irmãos fortões?

– Nada disso. Mas esse caso não passará de um amor platônico.

– Meu amigo Roberto. Vou te ajudar só porque sou seu brother. Amanhã vou passar nessa loja e vou te ajudar com essa gata. Você sabe que sou bom nisso.

– Sei que você é mestre em ajudar os amigos, mas nesse caso acho impossível. Ela é manequim.

– Que seja a Miss Universo! Você precisa ter mais confiança e autoestima Roberto. Por acaso essa manequim que você tanto gosta é feita de ouro?

– Não… É feita de plástico.

* Rodrigo Alves de Carvalho nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores.