Vai um aumentozinho aí?

Os detentores do poder nos municípios do Estado que pretendem dar um fôlego no salário terão que correr. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) destacou ontem a data-limite para aprovação de aumento de salário para prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e vereadores em ano de eleição. O aumento de subsídio, por meio de lei, poderá ocorrer até o dia 3 de julho para prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais e até o dia 3 de agosto em relação aos vereadores. As datas dizem respeito ao ano no qual são realizadas as eleições municipais. A posição toma como base o artigo 21 da Lei de Responsabilidade Fiscal, que aponta o prazo de 180 dias anteriores ao fim do mandato como prazo final para “ato de que resulte aumento da despesa de pessoal”. Como os aumentos dependem de leis municipais quem pretende bater de frente com a realidade do País é bom correr para minimizar o impacto do aumento na imagem pré-eleitoral.

Critérios
Entre os critérios para estabelecer os limites para fixar o salário de vereadores, estão a população do município, o percentual do subsídio de deputados estaduais, além de que o total dos gastos não pode ultrapassar 5% da receita do município, entre outros.

Água do mar
Secretário estadual de Recursos Hídricos do RN, Mairton França destacou ontem que o Estado investirá num projeto que permitirá o uso da água do mar para abastecer a cidade de Macau. O projeto contará com recurso da ordem de R$ 25 milhões e deverá pôr fim ao drama da cidade litorânea que sofre com a falta d’água.

Cifra
A cifra nem é tão elevada, levando-se em consideração que em alguns anos a prefeitura local chegou a gastar R$ 3,5 milhões com o festejo carnavalesco. Cidades como Macau e Guamaré já deveriam contar com projetos como este há anos. As cidades que são alimentadas com boas cifras de recursos deveriam servir de base para acabar com a sede do RN.

Desmantelo
E por falar em Macau e recursos, o prefeito interino Einstein Barbosa destacou ontem que praticamente todos os pagamentos da prefeitura estão suspensos. A prefeitura está avaliando caso a caso para saber se os pagamentos tem suporte jurídico. Em Macau, o desmantelo administrativo beira o caos.

Perda
Fim de ano com mais uma perda de peso a partir da morte do engenheiro mossoroense José Nilson de Sá. Nilson foi pioneirismo na área da fruticultura irrigada com a fundação da Maisa e pelos empreendimentos realizados com a EIT, o empresário contribuiu expressivamente para o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte.

Forró
O próximo sábado, 19, será de muitos agitos no Tenda Music Club com a banda Brasas do Forró, que promete uma noite de muitos sucessos para os amantes do arrasta-pé. A festa conta ainda com o ritmo do sertanejo universitário na voz do cantor Felipe Grillo, que já conquistou os festeiros da cidade. A partir das 23h.